Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Israel lembra 20º aniversário de ataque contra embaixada na Argentina

Jerusalém, 12 mar (EFE).- Israel lembrou nesta segunda-feira o 20º aniversário do atentado contra sua embaixada em Buenos Aires em 17 de março de 1992, no qual morreram 29 pessoas e mais de 200 ficaram feridas.

As vítimas, especialmente os nove membros do serviço diplomático israelense, foram homenageadas na manhã desta segunda-feira em um ato realizado no Ministério das Relações Exteriores liderado pelo chanceler Avigdor Lieberman, que atacou o Irã em seu discurso.

‘Esta semana lembramos o 20º aniversário de um dos atentados mais graves que a diplomacia israelense sofreu desde o estabelecimento do Estado de Israel em 1948 e um dos dois atentados mais violentos em solo argentino’, disse o ministro.

Na cerimônia, na qual foi cantado o kadish (oração funerária judaica) diante de um auditório repleto de membros do corpo diplomático israelense, participaram também Yisrael Meir Lau, ex-rabino chefe de Israel e rabino chefe de Tel Aviv, e um dos juízes do Tribunal Supremo, Eliakim Rubinstein.

Elisa Ben Rafael, viúva do embaixador israelense que morreu no ataque, também fez um discurso emocionado no qual lembrou as vítimas.

Durante o ato, que teve a participação de dezenas de familiares dos mortos e do embaixador da Argentina em Israel, Carlos Faustino García, foi acendida uma vela em memória das vítimas e foram lidos os nomes dos nove funcionários do Ministério das Relações Exteriores assassinados. EFE