Clique e assine a partir de 9,90/mês

Irã ameaça atacar dentro dos EUA caso haja retaliação por foguetes

Segundo o texto divulgado no Telegram, o 'Pentágono relata que os EUA responderão aos ataques do Irã e desta vez a resposta será na América'

Por Da Redação - 7 jan 2020, 23h16

A Guarda Revolucionária Iraniana afirmou em seu canal no Telegram que pode revidar diretamente no território dos Estados Unidos caso os americanos respondam ao ataque feito na noite desta terça-feira, 7, a duas bases que abrigam tropas norte-americanas no Iraque.

Segundo o texto, o ‘Pentágono relata que os EUA responderão aos ataques do Irã e desta vez a resposta será na América’.

A segurança na Casa Branca foi reforçada desde o começo da tensão com o Irã, segundo uma fonte do canal CNN que preferiu não se identificar.

Ainda no Telegram, a Guarda Revolucionária Iraniana também disse que atacará as cidades de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Haifa, em Israel, em uma terceira onda de operações na hipótese de o Irã ser atacado.

Continua após a publicidade

De acordo com os Estados Unidos, pelo menos 12 mísseis atingiram duas bases aéreas. Uma das bases atingidas foi Ain al-Asad, em Anbar. A outra se localiza em Irbil, na região semiautônoma do Curdistão.

Publicidade