Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo promete ‘desarmar Trípoli’ após confrontos entre ex-rebeldes

O governo líbio prometeu “desarmar Trípoli” antes do fim do ano, após vários confrontos entre ex-rebeldes na cidade, indicou nesta terça-feira o principal líder municipal da capital da Líbia.

“O governo nos prometeu que irá desarmar Trípoli por volta de 31 de dezembro”, declarou Abdul Razak Buhaydar à imprensa. Diversos ex-combatentes rebeldes provenientes de outras regiões do país encontram-se atualmente na capital.

“Garantiram que toda a cidade ficará desarmada”, disse o presidente do conselho municipal após se encontrar com o primeiro-ministro líbio, Abdel Rahim al Kib, e integrantes do Conselho Nacional de Transição (CNT), que dirige a Líbia desde a queda do regime de Muamar Kadhafi.

Anteriormente, também nesta terça-feira, dezenas de manifestantes bloquearam várias ruas de Trípoli para pedir que os combatentes provenientes de outras regiões abandonem a capital, conquistada pelos rebeldes em agosto.

No dia 5 de outubro, as autoridades líbias ordenaram que fossem evacuadas de Trípoli as armas pesadas, advertindo que sua presença na capital pode prejudicar a imagem do novo regime.

No fim de outubro, o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que convocava a Líbia e os países vizinhos a acabar com a proliferação na região das armas acumuladas por Kadhafi, em especial os mísseis terra-ar de curto alcance.