Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Furacão Lane atinge Havaí com enchentes e deslizamentos

Não houve relatos imediatos de feridos, mas ao menos 14 estradas foram fechadas

Por Reuters 24 ago 2018, 02h53

Ventos fortes e chuvas torrenciais gerados pelo furacão Lane atingiram o Havaí nesta quinta-feira, 23, provocando inundações, deslizamentos e uma pesada ressaca conforme girava em direção às ilhas, fazendo com que escolas e escritórios fechassem as portas.

Com o Lane ainda se movendo no Oceano Pacífico, a cerca de 320 quilômetros a sul-sudeste de Kailua-Kona, mais de 30 centímetros de chuva já caíram sobre o lado oriental da Ilha Havaí, a maior do arquipélago do Havaí, disse a porta-voz da agência de defesa civil do condado do Havaí, Kelly Wooten.

Não houve relatos imediatos de feridos, mas ao menos 14 estradas foram fechadas por conta de enchentes e deslizamentos, disse Wooten.

  • Se movendo em direção noroeste a 11 quilômetros por hora, o furacão foi classificado como uma poderosa tempestade de categoria 4 na escala de cinco categorias Saffir-Simpson, possuindo ventos de 209 quilômetros por hora.

    As previsões mais recentes mostravam o olho da tempestade passando a oeste das ilhas nesta sexta-feira antes de voltar ao mar, mas meteorologistas alertam que a ilha ainda pode ser atingida com força pelo furacão irregular.

    “Independentemente do caminho exato, impactos ameaçadores à vida estão possivelmente sobre muitas áreas conforme este forte furacão faz sua aproximação mais próxima”, informou o serviço meteorológico.

    O centro também alertou sobre “ressacas muito grandes e danosas” ao longo das costas oeste e sul.

    Um alerta de furacão estava ativo para Oahu, condado de Maui e para o condado do Havaí. As ilhas de Kauai e Niihau permaneciam em monitoramento de furacão e podem enfrentar condições similares a partir da manhã desta sexta-feira.

    O governador David Ige pediu para moradores levarem as ameaças a sério e se preparem para o pior ao reservarem suprimentos de água, comida e remédios para 14 dias.

    Continua após a publicidade
    Publicidade