Clique e assine a partir de 9,90/mês

Furacão Irma já causou prejuízos de R$ 4,5 bi, diz seguradora

Segundo a empresa, tempestade é 'uma das maiores catástrofes naturais que ocorreram nos territórios da França em 35 anos'

Por Da redação - Atualizado em 9 set 2017, 14h41 - Publicado em 9 set 2017, 14h36

Uma seguradora francesa avaliou em 1,2 bilhão de euros (cerca de 4,5 bilhões de reais) os danos na infraestrutura provocados pelo Furacão Irma nas ilhas St. Martin e São Bartolomeu, territórios da França no Caribe.

Em comunicado, a seguradora Caisse Central, especialista em casos de desastres naturais, informou que o valor cobrirá todo o prejuízo a casas, veículos e empresas. Os moradores de St. Martin e São Bartolomeu terão dez dias a partir deste sábado para solicitar a indenização.

A companhia ainda afirmou que o furacão Irma é “uma das maiores catástrofes naturais que ocorreram nos territórios da França em 35 anos”.

De acordo com o diretor de Segurança Pública da França, Jacques Witkowski, “há 1.100 pessoas, entre civis e militares, implantados nas ilhas para ajudar na recuperação. Muitos deles foram encarregados a retirarem os moradores das regiões antes que o outro furacão, José, atinja a região no final deste sábado.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade