Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

França e EUA intensificarão ataques na Síria e no Iraque, diz Hollande

Por Da Redação 24 nov 2015, 15h58

O presidente francês, François Hollande, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos e a França pretendem intensificar os ataques na Síria e no Iraque para combater o grupo jihadista Estado Islâmico após os ataques de 13 de novembro em Paris. Hollande se reuniu com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na Casa Branca para discutir o combate ao terrorismo.

Apesar do anúncio de que a França vai endurecer a campanha militar contra o EI, Hollande disse nesta terça que não vai enviar tropas terrestres francesas para a região. “A França não vai intervir militarmente no terreno”, afirmou o presidente francês, em entrevista coletiva ao lado de Obama.

Leia também:

“Uma punhalada nas costas”, diz Putin sobre derrubada de avião pela Turquia

França vai aumentar controle em acesso a trens

EUA emitem alerta mundial de viagem por risco de terrorismo

Hollande afirmou ainda que os dois líderes concordaram com a importância do fechamento da fronteira da Síria com a Turquia para limitar o movimento de extremistas na Europa.

Operações russas – Na coletiva, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que a derrubada de um avião da Rússia por caças turcos na fronteira sírio-turca revela “um problema com as operações russas” na Síria, e instou Moscou e Ancara a conversar para prevenir “uma escalada” das tensões. Obama declarou também que a Turquia, “como todo país soberano, tem direito a defender seu território e seu espaço aéreo”.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade