Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ex-primeira-dama dos EUA, Michelle Obama diz estar com “depressão leve”

Injustiça racial, pandemia e a "hipocrisia" do governo Trump são as causas apontadas por Michelle para o problema

Por Da Redação - Atualizado em 6 ago 2020, 11h33 - Publicado em 6 ago 2020, 11h28

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama, revelou na quarta-feira 5, durante um episódio de seu podcast, que sofre com uma “depressão leve” causada principalmente pela pandemia, injustiça racial e “hipocrisia” do governo do atual presidente, Donald Trump.

“Esses não são tempos recompensadores espiritualmente”, diz. “Eu sei que estou lidando com algum tipo de depressão leve”, a ex-primeira-dama confessou durante seu programa, no qual estava entrevistando a jornalista Michele Norris.

Michelle afirmou que é exaustivo “acordar e ver mais uma história de pessoas negras serem desumanizadas de alguma forma, machucadas, mortas e falsamente acusadas de algo”. Nos últimos meses, os Estados Unidos enfrentam protestos anti-racistas após a morte de George Floyd, assassinado por um policial branco. “E esse é um peso que eu nunca senti na minha vida”, confessou.

Para contornar esses sentimentos, a ex-primeira dama-disse que seguir uma “rotina é a chave”, e mantê-la se tornou mais importante durante a pandemia.

O podcast da ex-primeira-dama está em seu segundo episódio. A estreia, em 29 de julho, contou com a presença de seu marido, o ex-presidente Barack Obama.

Continua após a publicidade
Publicidade