Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Europa enfrenta onda de calor que ultrapassa os 40°C nesta quinta

Paris registra a madrugada mais quente de sua história, termômetro bate recorde na Holanda e Itália decreta alarme vermelho em 13 cidades

A Europa amanheceu nesta quinta-feira, 25, sob uma onda de calor que ultrapassou os 40º C, com recordes de temperatura na Alemanha, Holanda e Paris, na França. A Itália registrou máximas de 37ºC, mas há previsão de aumento nos termômetros nesta sexta-feira, 26. O governo italiano decretou alerta vermelho em 13 cidades do país.

Um dos recordes de temperatura ocorreu durante a madrugada na França. Segundo o serviço meteorológico do país, as mínimas durante a noite chegaram a 21,4ºC nas 30 estações usadas como referência nacional – um décimo a mais que o nível mais elevado constatado desde 14 de agosto de 2003.

O calor agravou o problema de poluição nas grandes áreas urbanas, o que levou as autoridades a proibirem a circulação de centenas de milhares de veículos, maiores geradores de emissões de gás carbônico, nas regiões  metropolitanas de Paris e Lyon, assim como de Lille e de Estrasburgo.

Já a Alemanha registrou o recorde de temperatura de 40,9ºC no oeste do país, segundo um porta-voz do Serviço Nacional de Meteorologia (DWD). A temperatura mais alta foi registada em Lingen, na Baixa Saxônia, por volta das 14h50 (horário local). O recorde anterior de 40,5ºC fora registrado no dia anterior.

O Ministério da Saúde da Itália informou que o pico de temperatura será na sexta-feira, quando 14 cidades estarão em alerta vermelho (Bolonha, Bolzano, Brescia, Florença, Frosinone, Gênova, Milão, Pescara, Perugia, Rieti, Roma, Turim, Trieste e Verona).  Esse alerta representa “emergência diante dos possíveis efeitos sobre pessoas saudáveis e ativas e não só sobre grupos de risco como idosos, crianças ou pessoas com doenças crônicas”.

Na Holanda, um novo recorde de calor foi estabelecido. Com 40,6ºC, o Instituto Real de Meteorologia da Holanda (KNMI) registrou a temperatura mais elevada já sentida no país. “Novo recorde nacional belga: 40,6° em Kleine Brogel agora e ainda não acabou! Incrível!”, tuitou David Dehenauw pouco depois das 15h00, horário local.

A situação começará a melhorar no sábado, 27, quando são esperadas chuvas. A temperatura devera reduzir rapidamente a até 15ºC.

(Com EFE e AFP)