Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Eleições na França: Macron é favorito sobre Le Pen no 2º turno

No primeiro turno, Macron teve 23,7% dos votos, à frente de Le Pen, com 21,5% dos vo

Por Da redação Atualizado em 5 Maio 2017, 18h17 - Publicado em 24 abr 2017, 06h51

O centrista Emmanuel Macron é favorito para vencer a candidata de extrema direita Marine Le Pen no segundo turno das eleições presidenciais francesas, marcado para o dia 7 de maio. Pesquisas de opinião apontam que, numa disputa contra a adversária, Macron se sairia vencedor. Macron ganhou o primeiro turno, realizado no domingo, com 23,7% dos votos, à frente de Le Pen, com 21,5% dos votos. Eles foram seguidos pelo conservador François Fillon e pelo esquerdista Jean-Luc Mélenchon, com 19% cada um, e pelo socialista Benoît Hamon, que obteve apenas 6,2% dos votos.

Qualquer um dos dois candidatos fará história: Macron como o presidente mais jovem da França (aos 39 anos) e Le Pen como a primeira mulher chefe de Estado no país.

O resultado representa um revés para os partidos tradicionais que se alternaram no poder durante décadas: o socialista, do presidente em fim de mandato François Hollande, e os conservadores, liderados por Fillon.

União Europeia
A vantagem de Macron contra Le Pen no segundo turno também significa um alívio para a União Europeia (UE). Macron, ex-ministro da Economia do presidente François Hollande, fez uma campanha com um programa abertamente europeísta e liberal. Enquanto os votos contabilizados na França indicavam a vitória de Macron, o euro teve forte alta na manhã desta segunda-feira na Ásia perante o dólar e o iene.

Já no caso de vitória de Le Pen, a França ampliaria ainda mais as incertezas em torno da UE, devido à defesa por parte da candidata da saída da zona do euro –um golpe fatal a um bloco já enfraquecido pelo Brexit.

A ultradireitista se beneficiou da mesma onda populista que impulsionou a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos, com um programa centrado no “patriotismo” e na “preferência nacional”.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)