Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Disparos contra ônibus na Síria matam 12 pessoas, maioria crianças

Por Da Redação 22 mar 2012, 10h22

Cairo, 22 mar (EFE).- Ao menos 12 pessoas, em sua maioria crianças, morreram nesta quinta-feira em um ataque das forças do regime sírio contra um ônibus em Idlib (norte), segundo os opositores Comitês de Coordenação Local.

O grupo explicou em breve comunicado que as vítimas, 11 das quais eram membros de duas famílias, tentavam fugir para campos de refugiados na Turquia.

No total, pelo menos 40 pessoas morreram nesta quinta-feira em ataques das forças do regime de Bashar al Assad em diferentes pontos da Síria.

Segundo os Comitês, 18 pessoas morreram em Idlib, sete em Hama (centro), oito em Homs (centro), três em Deraa (sul), duas em Rif Damasco, uma em Damasco e outra em Aleppo.

Enquanto isso, continua no país a missão de observação das Nações Unidas e da Organização de Cooperação Islâmica (OCI), que chegou na terça-feira em Damasco para promover um cessar-fogo e avaliar a situação humanitária.

Uma das tarefas da missão será preparar uma nova visita do enviado conjunto da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, que já esteve no país nos dias 10 e 11 de março para se reunir com Assad.

A ONU calcula que mais de 8 mil pessoas tenham morrido desde o início dos protestos há um ano, embora a oposição estime que o número de mortos supere os 9 mil. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade