Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desmoronamento na bolsa da Indonésia deixa 72 feridos

O prédio já foi reaberto e os funcionários voltaram a trabalhar

Pelo menos 72 pessoas ficaram feridas nesta segunda-feira na Indonésia depois que o teto da entrada de um dos prédios da Bolsa de Valores de Jacarta desabou, informaram fontes oficiais.

Os feridos, entre eles muitos estudantes que visitavam o edifício, foram levados a quatro hospitais da capital. O porta-voz da polícia de Jacarta, Argônio Yuwono, afirmou que o desabamento foi um acidente e não causado por uma explosão, como se especulava inicialmente.

As imagens divulgadas pelas emissoras locais mostravam uma multidão gritando e correndo, enquanto a polícia tentava evacuar a área em meio a uma montanha de escombros. O acidente aconteceu no início da tarde (3h, horário de Brasília), coincidindo com a hora do almoço.

“Houve um grande estrondo, e as pessoas que estavam do lado de dentro correram para fora”, contou a jornalista da Metro TV Marlia Zein, que estava no local na hora do acidente. Cerca de 100 policiais e membros das equipes de emergência foram enviados para a região, causando engarrafamentos de várias horas.

Apesar do caos, o porta-voz da Bolsa de Valores, Rheza Andhika, disse que as atividades financeiras seguiriam à tarde no pregão. Pouco depois do desabamento, às 14h (5h, horário de Brasília), o prédio foi reaberto, e os funcionários começaram a voltar para seus escritórios.

A Bolsa indonésia fica no centro de Jacarta, em um edifício que também abriga o escritório local do Banco Mundial, em seu 12º andar.

(Com EFE e AFP)