Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: Premiê da Nova Zelândia rebate Trump sobre situação em seu país

O presidente americano havia dito que a situação da Covid-19 no país da Oceania é 'terrível'

Por Da Redação Atualizado em 18 ago 2020, 11h37 - Publicado em 18 ago 2020, 11h33

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Arden, trocou farpas nesta terça-feira, 18, com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao rebater uma acusação do americano, que acusou o país da Oceania de estar sofrendo uma incontrolável e “enorme alta” de casos de Covid-19.

A fala de Trump é “evidentemente falsa”, disse Arden. “Qualquer um que acompanha a situação observa com facilidade que nove casos em um dia na Nova Zelândia não se comparam às dezenas de milhares de contágios registrados nos Estados Unidos”, afirmou.

Por sua vez, Trump havia dito que as pessoas críticas à sua gestão da pandemia se equivocaram ao adotarem a Nova Zelândia como exemplo. Ao mencionar o aumento de casos no país da Oceania, ele declarou: “É terrível, não queremos esta situação aqui”.

A Nova Zelândia foi um dos primeiros países fora da Ásia a adotarem o lockdown como medida de prevenção. Após 102 dias sem casos, o país registrou novos infectados na terça-feira 11 e o governo decidiu retomar o confinamento em Auckland, a maior cidade do país. Ao todo, o país contabiliza 1.643 infecções e 22 mortes, segundo a Johns Hopkins University.

  • Os Estados Unidos, por outro lado, são o pior cenário da pandemia no mundo. São 5.444.554 casos confirmados e 170.564 mortes por Covid-19.

    ASSINE VEJA

    A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista
    Clique e Assine
    Continua após a publicidade
    Publicidade