Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coreia do Sul planeja ‘unidade de decapitação’ de Kim Jong-un

A equipe deve estar pronta até o fim do ano e entrará em ação "em caso de guerra"

O governo da Coreia do Sul decidiu acelerar os planos para organizar uma brigada especialmente voltada para “neutralizar” comandantes de guerra da Coreia do Norte, incluindo o ditador Kim Jong-un, em caso de ofensivas contra o país. De acordo com a rede CNN, um oficial do Ministério da Defesa de Seul afirmou que o time, apelidado de “unidade de decapitação”, deve estar organizado até o final do ano.

Segundo o oficial, que não foi identificado, a unidade de ataque só será ativada “em caso de guerra”. Os dois países vizinhos assinaram um armistício em 1953, mas, tecnicamente, continuam em conflito, já que não chegaram a um tratado de paz. O plano inicial era de que a equipe fosse estabelecida até 2019, porém, a previsão foi adiantada para o fim de 2017.

O comentário vem após uma série de testes de mísseis nucleares por parte da Coreia do Norte, além de uma simulação de combate realizada em dezembro. O “treinamento” incluía um plano de ataque à Casa Azul, sede do governo em Seul. Em um discurso de Ano Novo, Kim Jong-um também afirmou que o país está próximo a testar um míssil intercontinental, possibilidade que preocupa a Coreia do Sul.