Clique e assine com até 92% de desconto

Coreia do Norte explode aviões e navios americanos em propaganda

Imprensa estatal norte-coreana divulgou vídeo que simula a destruição de caças e um porta-aviões dos Estados Unidos

Por Da redação Atualizado em 10 dez 2018, 10h12 - Publicado em 25 set 2017, 17h19

Um dia antes de a Coreia do Norte afirmar, nesta segunda-feira, que as declarações recentes de Donald Trump equivalem a uma declaração de guerra contra o país asiático e ameaçar derrubar caças americanos, mesmo que estejam no espaço aéreo internacional, a imprensa estatal norte-coreana divulgou um vídeo em que aviões e navios de guerra americanos são destruídos por mísseis de Kim Jong-un.

https://www.youtube.com/watch?v=hHal7nEt8IU

Os efeitos especiais do vídeo, que tem cerca de um minuto de duração, são bastante rudimentares, mas a ameaça de Pyongyang com a propaganda é clara: se atacar a Coreia do Norte, os Estados Unidos serão “enviados ao túmulo”.

O vídeo apresenta o presidente americano Donald Trump como um “homem louco” e mostra, com explosões criadas por computador, mísseis Pukguksong 2, de médio alcance, destruírem um caça F35 Raptor e um bombardeiro Lancer. Em seguida, outra simulação mostra um míssil disparado de um submarino detonar o porta-aviões USS Carl Vinson.

A montagem foi divulgada no domingo pelo site de notícias estatal RPDC Today, apenas algumas horas depois que bombardeiros B-1B da Força Aérea dos Estados Unidos voaram próximos à Coreia do Norte, em uma demonstração de força. “Isso é o mais longe ao norte da zona desmilitarizada que já voaram um caça ou um bombardeiro dos Estados Unidos sobre a costa da Coreia do Norte no século XXI”, disse então a porta-voz do Pentágono, Dana W. White, em comunicado.

 

Continua após a publicidade
Publicidade