Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva faz parte da Muralha da China desabar

Trecho de 36 metros veio abaixo na província de Hebei, perto de Pequim

As fortes chuvas que há vários dias castigam o norte da China derrubaram um trecho de 36 metros da Grande Muralha na província de Hebei, perto de Pequim, confirmou nesta sexta-feira a imprensa oficial. “Existe uma investigação sobre as causas do acidente. Diversos fatores podem ter contribuído, inclusive o tipo de construção”, disse um funcionário do governo local.

O desmoronamento afetou o lance de Dajingmen, na cidade de Zhangjiakou, parte da muralha construída durante a dinastia Ming (1368-1644). Informações não oficiais apontam que o trecho que se encontrava em mal estado de conservação devido à erosão. O trecho afetado já foi recontruído em 1484, depois de combates na região.

As chuvas torrenciais que atingem a China também danificaram um armazém de relíquias do Museu Nacional, em Pequim, e outro salão de exibições históricas na província noroeste de Gansu. Desde 21 de julho, quando Pequim e seus arredores sofreram as piores tempestades em 60 anos, 112 pessoas morreram e 21 seguem desaparecidas, enquanto o sul do país sofre os devastadores efeitos do tufão Haikui, que obrigou a evacuação de 1,2 milhão de pessoas.

(Com agência EFE)