Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chuva faz parte da Muralha da China desabar

Trecho de 36 metros veio abaixo na província de Hebei, perto de Pequim

Por Da Redação - 10 ago 2012, 05h52

As fortes chuvas que há vários dias castigam o norte da China derrubaram um trecho de 36 metros da Grande Muralha na província de Hebei, perto de Pequim, confirmou nesta sexta-feira a imprensa oficial. “Existe uma investigação sobre as causas do acidente. Diversos fatores podem ter contribuído, inclusive o tipo de construção”, disse um funcionário do governo local.

O desmoronamento afetou o lance de Dajingmen, na cidade de Zhangjiakou, parte da muralha construída durante a dinastia Ming (1368-1644). Informações não oficiais apontam que o trecho que se encontrava em mal estado de conservação devido à erosão. O trecho afetado já foi recontruído em 1484, depois de combates na região.

As chuvas torrenciais que atingem a China também danificaram um armazém de relíquias do Museu Nacional, em Pequim, e outro salão de exibições históricas na província noroeste de Gansu. Desde 21 de julho, quando Pequim e seus arredores sofreram as piores tempestades em 60 anos, 112 pessoas morreram e 21 seguem desaparecidas, enquanto o sul do país sofre os devastadores efeitos do tufão Haikui, que obrigou a evacuação de 1,2 milhão de pessoas.

(Com agência EFE)

Publicidade