Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chile anuncia relaxamento gradual do confinamento após 4 meses

O plano Passo a Passo é composto por cinco etapas; o início e o avanço das etapas irão depender da situação em cada comunidade e região do país

Por Da redação - Atualizado em 19 jul 2020, 23h51 - Publicado em 19 jul 2020, 23h47

Neste domingo, 19, o governo do Chile anunciou a a saída gradual da quarentena instaurada há mais de quatro meses no país. O plano Passo a Passo é composto por cinco etapas.

De acordo com o presidente Sebastián Piñera, o início e o avanço das etapas irão depender da situação em cada comunidade e região do país. Na capital chilena, onde vive quase metade dos 18 milhões de habitantes do país, a abertura gradual irá depender das decisões de autoridades e de dados epidemiológicos.

O ministro da Saúde, Enrique Paris, disse que “avançar ou retroceder de um passo ao outro irá depender dos indicadores epidemiológicos e da rede assistencial” de cada comunidade e as informações estarão disponíveis em um site oficial. Segundo Paris, “o número de novos casos diminuiu 19% nos últimos sete dias”

O anúncio foi feito quase 140 dias após o registro do primeiro caso de coronavírus no Chile, e após 60 dias de quarentena total em Santiago. O país é um dos mais afetados pela pandemia de coronavírus na América do Sul.

Continua após a publicidade

“Este plano Passo a Passo também irá nos permitir reativar nossa economia e nosso país”, afirmou o presidente do Chile, onde o índice de desemprego está acima de 11%. O país atravessa a pior crise econômica em 35 anos, que se soma ao descontentamento social, ampliado pela falta de ajuda direta do Estado, principalmente à classe média.

O anúncio do plano vem na esteira de cinco semanas de números positivos, com queda no contágio e nas mortes e aumento da capacidade do sistema de saúde. Neste domingo, 19, foram registrados 2.082 novos casos e 58 mortos, aumentando o total para 330.930 infectados e 8.503 mortos.

Com AFP

Publicidade