Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chegam a vinte os mortos em terremoto nas Filipinas

Tremor de 7,2 graus com epicentro na Ilha de Bohol teve várias réplicas

Atualizado à 1h50

Um terremoto de 7,2 graus de magnitude na escala Richter sacudiu o centro das Filipinas na manhã desta terça-feira (noite de segunda-feira no Brasil). Ao menos vinte pessoas morreram, segundo o último balanço divulgado pelas autoridades do país do sudeste asiático.

A rádio DZMM afirmou que ao menos quatro mortes ocorreram após parte da estrutura de um porto pesqueiro ruir perto da cidade de Cebu, na ilha de mesmo nome. Além disso, informações de redes de TV filipinas indicam que ao menos 19 pessoas ficaram feridas na mesma localidade após o desabamento do teto de um mercado.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica no mundo todo, localizou o epicentro do tremor a 56 quilômetros de profundidade e a cinco quilômetros ao leste de Balilihan, cidade na Ilha de Bohol.

O terremoto foi seguido por várias réplicas, duas delas de 5,4 e 5,3 graus, respectivamente, mas o Centro de Alertas por Tsunami do Pacífico não emitiu nenhum alerta por risco de onda gigante. Um repórter da Rádio DYAB, June Perez, disse que o tremor na cidade pôde ser sentido durante cerca de trinta segundos.

As Filipinas ficam em cima do chamado anel de fogo do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por sete mil tremores ao ano, a maioria moderados.

Estrutura da Igreja de São Pedro, na Ilha de Bohol, não resisitiu Estrutura da Igreja de São Pedro, na Ilha de Bohol, não resisitiu

Estrutura da Igreja de São Pedro, na Ilha de Bohol, não resisitiu (/)

(Com agência EFE)