Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Centenas de iraquianos fogem de Mosul para escapar de combates

Os avanços ocorrem depois que as forças iraquianas tomaram, na semana passada, o aeroporto de Mosul.

Centenas de civis fugiram nesta terça-feira, pelo deserto, para tentar escapar dos combates em Mosul, no Iraque, entre as forças iraquianas e o grupo extremista Estado Islâmico (EI), depois que milhares de pessoas abandonaram a terceira maior cidade do país.

Unidades da polícia federal iraquiana avançaram para o oeste de Mosul, ganhando controle sobre um bairro ao longo do rio Tigre e de uma das cinco pontes da cidade em meio a intensos confrontos com militantes do Estado islâmico, informou um alto comandante da polícia iraquiana.

Os avanços ocorrem depois que as forças iraquianas tomaram, na semana passada, o aeroporto de Mosul. O oeste de Mosul é a última área urbana significativa que o Estado Islâmico mantém no Iraque. As autoridades iraquianas declararam a metade leste da cidade “totalmente liberada”.

Todas as pontes de Mosul que atravessam o rio Tigre e que se conectam à parte oeste da cidade, ainda mantida pelo grupo do Estado islâmico, foram desativadas por ataques aéreos no ano passado.

O general Gen Thamir al-Hussaini disse que militantes do grupo extremista estavam lutando com atiradores de elite, mísseis anti-tanque e carros-bomba suicidas, descrevendo os confrontos como “ferozes”. Ele acrescentou que as tropas iraquianas sofreram baixas, mas não deu número específico.

Segundo o general, também nesta segunda-feira, em Gawsaq, forças contraterroristas do Iraque se moveram para as proximidades do bairro Wadi Hajar. A emissora de televisão privada Al-Mayadeen, com sede no Líbano, transmitiu ao vivo imagens de Gawsaq, mostrando as tropas iraquianas em veículos blindados.

(Com AFP e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Hattori Hanzo

    …a estampa do vestido engana.

    Curtir