Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil concede asilo político a senador boliviano da oposição

O Brasil concedeu asilo político ao senador boliviano da oposição Roger Pinto, que se apresentou na semana passada à embaixada brasileira de La Paz alegando ser perseguido pelo governo de Evo Morales, informou nesta sexta-feira o Ministério das Relações Exteriores em um comunicado.

“O governo brasileiro decidiu conceder asilo ao cidadão boliviano Roger Pinto Molina, à luz das normas e à prática do direito internacional latino-americano e com base no artigo 4, inciso X, da Constituição Federal”, indicou a breve nota oficial.

Nesse inciso sobre a concessão de asilo político, a Constituição brasileira indica que o país “buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, com vistas à formação de uma comunidade latino-americana de nações”.

Pinto, de 52 anos, pediu asilo na terça-feira da semana passada ao Brasil, afirmando ser vítima de perseguição oficial, devido as suas denúncias contra autoridades do governo por supostas ligações com o narcotráfico.

“Não me resta alternativa frente à perseguição inclemente à que fui submetido durante todo este tempo por parte do governo de Evo Morales”, afirmou Pinto.

O senador fez várias denúncias de corrupção contra um governador governista e disse que entregou inclusive relatórios reservados a Morales, que nunca foram comentados pelo governo.

Segundo Pinto, o governo, procuradores e parlamentares governistas o processaram pelo menos 20 vezes por diferentes motivos, e por isso é obrigado a se apresentar à justiça constantemente.