Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Brasil anuncia início de testes para programa que facilita entrada nos EUA

Global Entry não substitui exigência de visto, mas permite liberação rápida no momento da chegada ao país a viajantes frequentes e pré-aprovados

Por Da Redação Atualizado em 25 nov 2019, 15h10 - Publicado em 25 nov 2019, 15h00

O Brasil deu o primeiro passo para a participação no programa Global Entry, que facilita a entrada de cidadãos previamente credenciados nos Estados Unidos.

Os governos brasileiro e americano assinaram declaração conjunta contendo os parâmetros gerais do programa durante a 10ª reunião do Fórum de Altos Executivos Brasil – Estados Unidos, o CEO Forum, em Washington, nesta segunda-feira, 25. O evento contou com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, além de dez empresários de cada país.

Brasil e Estados Unidos concordaram em realizar um teste para grupo pequeno, de 20 pessoas, todos participantes do Fórum de Executivos. Essa fase experimental permitirá identificar as necessidades técnicas e operacionais para o lançamento de uma fase piloto e, posteriormente, para a execução plena e ampliada do programa, segundo anunciaram os ministérios da Economia, Relações Exteriores e da Casa Civil.

O Global Entry não substitui a exigência de visto, mas permite a liberação rápida no controle do passaporte no momento da chegada aos Estados Unidos. Os interessados podem fazer o trâmite de ingresso em território americano em aeroportos selecionados de maneira desburocratizada por meio de quiosques automáticos, sem contato com agente de imigração, evitando a necessidade de passar por fila de controle migratório.

O Itamaraty não especificou qual será a data de implementação efetiva do programa. Além do Brasil, outros 11 países participam do Global Entry.

Segundo os ministérios, quando estiver em plena execução, o programa facilitará os trâmites nos Estados Unidos para brasileiros inscritos nesse programa. A medida é considerada importante para a maior fluidez nas viagens de negócios.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)