Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Berlusconi pedirá para cumprir pena com serviços comunitários

Ex-premiê italiano foi condenado por fraude fiscal em caso ligado a Mediaset

Por Da Redação 5 out 2013, 15h50

O ex-primeiro ministro da Itália Silvio Berlusconi pedirá para cumprir uma sentença por fraude fiscal em serviço comunitário, ao invés de prisão domiciliar, disse neste sábado seu advogado à agência de notícias AGI.

Leia também:

Leia também: Comissão do Senado recomenda cassação de Berlusconi

O líder de centro-direita de 77 anos foi condenado a quatro anos de cadeia por fraude fiscal em um caso relacionado ao Mediaset, seu império de empresas de comunicação. A pena, reduzida para um ano, para ser cumprida sob prisão domiciliar ou em serviços comunitários devido a sua idade.

O advogado Franco Coppi disse à agência de notícias que irá apresentar o pedido de trabalho para os serviços sociais para uma corte em Milão dentro de uma semana, e que os detalhes serão estabelecidos depois. Coppi não respondeu imediatamente ao pedido para confirmar os comentários.

Essa foi a primeira condenação definitiva de Berlusconi, um notório colecionador de processos na Justiça que se notabilizou por usar o cargo de primeiro-ministro para aprovar leis que o permitissem escapar da Justiça. Em setembro, uma outra comissão do senado já havia dado sinal verde para o prosseguimento do processo de cassação.

Berlusconi tem repetido que a lei da “ficha limpa” italiana não deveria ser aplicada a ele, já que os crimes que resultaram na sua condenação ocorreram antes da aprovação da nova legislação.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade