Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bélgica identifica mais um suspeito de atentados em Paris

Autoridades de segurança estão procurando Mohamed Abrini, visto dois dias antes dos ataques com Salah Abdeslam, principal terrorista foragido

Por Da Redação 24 nov 2015, 16h05

A justiça belga emitiu nesta terça-feira mais uma ordem de prisão internacional contra um homem suspeito de envolvimento nos ataques a Paris. Trata-se de Mohamed Abrini, de 30 anos. Ele foi flagrado dois dias antes dos atentados ao lado de Salah Abdeslam, acusado de ter participado dos atos terroristas e fugido para Bruxelas em seguida.

Em comunicado, as autoridades da Bélgica disseram que Abrini dirigia um Renault Clio – mesmo carro usado nos atentados – quando foi encontrado com Salah, por volta das 19h do dia 11 de novembro em um posto de gasolina de Ressons, a 85 quilômetros de Paris. Ambos estão foragidos. A polícia descreveu Abrini como “perigoso e possivelmente armado”.

As forças de segurança belgas também disseram nesta terça-feira que cinco pessoas já foram indiciadas até agora por envolvimento, direto ou indireto, nos ataques em Paris. Entre elas estão dois homens que teriam ajudado Salah em sua fuga. Uma terceira foi identificada como Ali O., de 31 anos, cidadão francês que vive em Molenbeek, em Bruxelas. Segundo a polícia, esse homem, que foi preso neste domingo, buscou Salah de carro em Bruxelas após ele ter chegado de Paris. O outro indiciado é Lazez A., de 39 anos, que foi detido na última semana. Não foram divulgadas informações sobre o quinto acusado.

Leia também:

Com alerta máximo de segurança, belgas inundam redes sociais com fotos de gatinhos

Colete de explosivos é encontrado em lata de lixo ao sul de Paris

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade