Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barcelona é tomada por cenas de guerrilha durante protestos catalães

Mais de 500 mil pessoas saíram às ruas; manifestantes mascarados atiraram pedras contra policiais e atearam fogo a latas de lixo para bloquear vias

Milhares de catalães saíram nesta sexta-feira, 18, para o quinto dia de protestos contra a prisão de líderes separatistas. Além de bloqueios de estradas e passeatas, o ato também inclui uma greve geral. Cerca de 525 mil pessoas participaram da principal manifestação, no centro de Barcelona, e os confrontos com a polícia aumentaram.

As cenas de guerrilha urbana se intensificaram em relação aos confrontos na segunda-feira, durante o bloqueio do aeroporto por cerca de 10 mil pessoas. Na sexta-feira, manifestantes mascarados atiraram pedras e latas contra policiais e atearam fogo a grandes latas de lixo. Vans policiais tentaram, sem sucesso, empurrar o grupo de volta para as calçadas. 

Mais de 110 pessoas foram presas desde o início da semana, segundo a polícia. Só na quinta-feira 17, um total de 42 pessoas ficaram feridas na região, incluindo 36 em Barcelona. A violência marca um ponto de virada para o movimento separatista, que sempre se gabou de ser pacífico.

Na segunda-feira 14, o Tribunal Supremo da Espanha condenou nove políticos que ajudaram a organizar em 2017 um referendo para a independência da Catalunha, considerado ilegal. As sentenças chegam a 13 anos de prisão. Desde então, as ruas foram tomadas por independentistas.

A greve de sexta-feira foi convocada pelos sindicatos minoritários independentistas Intersindical-CSC e Intersindical Alternativa da Catalunha (IAC), com adesão de setores públicos, do comércio e, principalmente, de universidades. A Confederação Espanhola de Transporte de Mercadorias (CETM) calcula em 25 milhões de euros (R$ 115 milhões) o prejuízo diário por causa da série de bloqueios em rodovias catalãs durante a semana.

Na sexta-feira, a Basílica da Sagrada Família fechou suas portas em razão dos protestos, enquanto a Ópera do Liceu cancelou sua programação e a maioria dos estandes do mercado Boqueria, muito famoso entre os turistas, permaneceram fechados. Também foi adiada a partida de 26 de outubro entre o FC Barcelona e o Real Madrid. Os clubes terão que fixar uma nova data para o clássico.