Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque suicida mata 3 soldados da Otan no Afeganistão

Explosão de carro-bomba na capital Cabul também deixou dezesseis civis feridos; extremistas do Talibã assumiram a autoria do atentado

Pelo menos três miliares das forças da Otan no Afeganistão morreram nesta terça-feira em um ataque suicida no centro da capital Cabul. Outras 16 pessoas, todas civis, ficaram feridas no atentado. As mortes dos três soldados foram confirmadas pela missão da Otan no país, que não revelou a nacionalidade das vítimas.

Leia também:

Ataque do Talibã mata 14 pessoas no Afeganistão

Candidatos afegãos assinam pacto por união nacional

O ataque foi perpetrado por um terrorista suicida que explodiu um carro-bomba perto de um comboio da missão da Otan. O atentado também aconteceu nos arredores da embaixada americana na capital afegã. Em comunicado, o Talibã assumiu a autoria da ação.

Instabilidade – O Afeganistão atravessa um de seus períodos mais sangrentos dos últimos tempos em meio à instabilidade política do país e à retirada das tropas internacionais. No ano passado, as forças afegãs se tornaram responsáveis pela segurança do país após a saída parcial da missão internacional da Otan, que vai se retirar definitivamente do território afegão no final de 2014.

Além disso, o país árabe enfrenta um delicado processo eleitoral, abalado por denúncias de fraude, e aguarda para os próximos dias o anúncio do nome do novo presidente do país com vários meses de atraso. Apesar da retirada da Otan, os Estados Unidos anunciaram que vão manter cerca de 9.800 soldados em território afegão até o final de 2016.

(Com agência EFE)