Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

GALERIA: Australianos se arriscam para salvar animais dos incêndios

Autoridades estimam que quase meio bilhão de mamíferos, aves e répteis foram mortos pelas chamas desde setembro

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 19h32 - Publicado em 3 jan 2020, 17h34

O número assusta. Segundo ecologistas da Universidade de Sydney, na Austrália, cerca de 480 milhões de animais – incluindo mamíferos, pássaros e répteis – morreram em decorrência dos incêndios florestais que assolam o país desde setembro. Apesar do número preocupante, cenas nas redes sociais oferecem algum alento.

Moradores, voluntários, bombeiros e outras autoridades australianas tentam resgatar os animais presos entre as labaredas que ardem na floresta. Um dos resgates mais repercutido foi o do coala Lewis por uma mulher que deixou seu carro e entrou na mata em chamas. O vídeo do momento mostra o coala, chorando.

Nas redes sociais nesta sexta-feira, 3, as hashtags #PrayForAustralia#AustraliaFires e o próprio nome do país totalizam quase 1,5 milhão de menções.

Os incêndios florestais na Austrália tiveram início no terceiro bimestre de 2019, mas foram ganhando força ao longo dos meses e alcançou seu ápice no início de 2020. Sem trégua à vista, as chamas podem se intensificar. Até o momento, o país perdeu 4 milhões de hectares e já presenciou cenas dignas de um apocalipse, como a cor do céu se transformar em vermelho como sangue.

Continua após a publicidade
Publicidade