Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alemanha vai liberar maconha medicinal em 2017

Governo do país será responsável por produzir e controlar a venda da substância

O governo da Alemanha decidiu que irá legalizar a maconha para fins medicinais ano que vem, declarou o ministro da saúde do país Hermann Gröhe. A substância vai ser liberada para pessoas seriamente doentes, com indicações médicas e que tenha “esgotado outras alternativas terapêuticas”. “Nosso objetivo é que pessoas com doenças sérias sejam cuidadas da melhor maneira possível”, afirmou Gröhe.

Flores secas e extratos de maconha estarão disponíveis em farmácias, mediante receita, e o sistema público de saúde vai cobrir todos os custos. O projeto de lei que deve entrar em vigor no primeiro semestre de 2017. Para suprir a necessidade dos pacientes, o governo alemão deve ter plantações especialmente supervisionadas e importar o que precisa.

Leia mais:

Colômbia regulamenta uso medicinal da maconha

Suprema Corte do México autoriza uso de maconha a quatro cidadãos mexicanos

Ainda assim, a Comissária Federal de Drogas do Canadá, Marlene Mortler, alertou que a maconha não deve ser considerada completamente segura. “O uso da cannabis como remédio, dentro de limites rígidos, é útil e deve ser explorado. Porém, a legalização para prazer individual não é o objetivo desta regulamentação”, disse Mortler.

A medida segue a linha de outros países europeus que já liberam o uso da substância em tratamentos médicos, como a Itália e República Tcheca. Portugal descriminalizou todas as drogas de consumo pessoal, mas não permite o uso da maconha como remédio.

(Com Reuters)