Clique e assine com 88% de desconto

Afeganistão: talibã assume autoria de ataque a aeroporto

Atentado que matou nove pessoas e feriu 12 foi represália à queima do Alcorão

Por Da Redação - 27 fev 2012, 09h43

O talibã assumiu nesta segunda-feira responsabilidade pelo atentado suicida que matou nove pessoas em um aeroporto no Afeganistão após uma semana de violência motivada pela queima de exemplares do Alcorão por tropas americanas no país. Em um depoimento, o grupo terrorista diz que o ataque foi uma retaliação pela queima do livro sagrado dos muçulmanos e afirma esperar que “esses ataques mantenham acesa a raiva do povo”.

O talibã assumiu também a responsabilidade pelo envenenamento de comida em um restaurante na base de operações de Torkham, próximo à fronteira com o Paquistão. O envenenamento também é uma retaliação à queima do Corão, afirmaram. Nenhum soldado morreu no local.

Além dos mortos, 12 pessoas ficaram feridas na explosão desta segunda-feira, que aconteceu perto do portão de entrada do aeroporto de Jabababad, anexado a uma base operacional das tropas estrangeiras presentes no país.

Na última semana, a onda de violência que tomou conta do país matou ao menos 39 pessoas, incluindo quatro soldados americanos, e feriu centenas. O alvo dos ataques são soldados americanos, em represália à queima do Alcorão. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou a pedir desculpas pelo ocorrido, o que, contudo, não impediu mais ataques por parte dos terroristas.

Publicidade