Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adolescente é resgatado depois de 9 dias preso dentro de mina na Bolívia

Garoto entrou no local com amigos para roubar minério, mas perdeu-se do grupo; furtos geram prejuízo de mais de 12 milhões de dólares ao ano

Um menino de 14 anos foi resgatado nesta quinta-feira (19) de uma mina na Bolívia, depois de passar nove dias perdido dentro dela, informou a Agência Boliviana de Informação (ABI). A operação de resgate, qualificada pela polícia boliviana como um “milagre”, ocorreu na cidade de Huanuni nesta madrugada e teve a participação de mineradores, bombeiros, policiais, profissionais de saúde e moradores da região.

O comandante da polícia local, Rommel Raña, afirma que o jovem, identificado apenas como “Manuel”, tinha comida e conseguiu beber água da mina para sobreviver. Mesmo assim, foi levado para um hospital na cidade vizinha de Oruro com a saúde debilitada e com sinais de desidratação.

O menino fazia parte de “um grupo de crianças” que foi ao local na terça-feira passada (10) para furtar minério, uma prática conhecida como “jukeo” no país.

Os demais garotos conseguiram sair da mina, mas Manuel ficou. Os pais, que haviam autorizado a entrada do jovem no local, fizeram contato com a polícia apenas no sábado, segundo o comandante.

O episódio lembra o caso recente de doze meninos e seu treinador de futebol que ficaram presos em uma caverna na Tailândia. Os primeiros jovens foram resgatados do local após 15 dias enclausurados, e os últimos 17 dias depois de terem entrado.

Huanuni é uma das principais regiões mineradoras da Bolívia e perde anualmente entre 12 e 24 milhões de dólares em roubo de minério, de acordo com o governo local.

(Com EFE)