Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

VEJA COMER & BEBER: três endereços para comer lambreta em Salvador

Descubra também três bares mexicanos publicados por VEJA COMER & BEBER 2019/2020

Por Daniel Salles, Ana Geisa Lima, Camila Botto, Joana Maltez, Maiana Brito, Mariani Campos e Marília Simões - Atualizado em 4 dez 2019, 01h01 - Publicado em 4 dez 2019, 00h01

Don Papito

O espaço se tornou mais amplo para atender à demanda da clientela, mas a tradicional lambreta (R$ 30,50 a dúzia) segue inabalável como o carro-chefe do lugar. A versão gratinada (R$ 41,50 a dúzia), que é levada ao forno com alcaparras e queijo, também faz sucesso. No rol de bebidas, lideram os pedidos cervejas de garrafa como a Heineken (R$ 15,00) e a Devassa (R$ 10,50). Avenida Octávio Mangabeira, lote 6, Piatã,3367-0104 (120 lugares). 17h/0h (sáb. 12h/20h; dom. 12h/19h; fecha seg. e ter.). Aberto em 1973.

Koisa Nossa

São trinta anos de história servindo lambretas, que constam no cardápio em seis versões. Na tradicional, feita no vapor, doze unidades saem a R$ 24,90. Já a dúzia da especial, preparada com tomate, cebola e coentro, custa R$ 26,90. Para refrescar, vai bem a garrafa de Stella Artois (R$ 12,90). Travessa Engenheiro Allioni, 1, Mouraria,3242-5412 (100 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; dom. 12h/19h; fecha seg.). Aberto em 1984.

Publicidade

Lambreta.Com

Sobre as mesas espalhadas pelo salão e pela área externa, a lambreta tradicional, feita no vapor (R$ 24,90 a dúzia), está quase sempre presente. Mas a casa também oferece pratos mais elaborados, como a moqueca de polvo, temperada com leite de coco e servida ao lado de pirão, arroz, feijão-fradinho e farofa de dendê (R$ 92,00, para três pessoas). Entre as bebidas, as roskas com frutas da época saem a R$ 15,90. Travessa Engenheiro Allioni, 5, Mouraria,3321-8375 (320 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; dom. 12h/19h; fecha seg.). Aberto em 2007.

MEXICANOS

Guapo Mexican Bar

Publicidade

Não faltam drinques como a tradicional margarita, preparada aqui com tequila Jose Cuervo (R$ 17,90). A viagem pelos sabores do México prossegue com comidinhas como o nacho supreme, que leva à mesa molho de carne moída, tomates e pimentas coberto com queijo derretido e ladeado por cesta de nachos (R$ 29,90). Rua Maceió, 86, Barra,2137-9752 (60 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h; dom. 16h/23h; fecha seg.). Aberto em 2013.

Taco El Pancho

Ambientes temáticos, decorados com peças mexicanas originais, acolhem os clientes com som ao vivo de voz e violão. O carro-chefe são os tacos — entre eles está o de carne suína marinada e assada no espeto grego e servida na tortilha de trigo artesanal acompanhada de pico de gallo, creme azedo e picles de cebola-roxa (R$ 34,00, três unidades). Vale a pena pedir também o drinque de tangerina com pimenta dedo-de-moça, limão- siciliano e rum (R$ 19,00). Rua Professora Almerinda Dutra, 3, Rio Vermelho,3565-9895 (140 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 2019.

Tijuana Mexican Bar

Publicidade

As porções são fartas, caso dos nachos com molho salsa vermelha, tomate, carne moída e queijo (R$ 30,50). Outro petisco com boa saída é o burrito recheado com charque desfiado ao vinho e pimentões (R$ 36,50). Abastecem os brindes cerveja de garrafa Colorado Appia (R$ 14,50) e coquetéis como o gim-tônica (R$ 12,90). Rua Minas Gerais, 271, Pituba,3345-5038 (250 lugares). 18h/0h (fecha seg.); Shopping Cidade,3012-2412 (250 lugares). 18h/0h (fecha seg.). Aberto em 2001.

Quer conhecer todos os campeões de VEJA COMER & BEBER e o roteiro completo de comidinhas, bares e restaurantes em Salvador? Clique aqui.

Publicidade