Clique e assine a partir de 9,90/mês

Os melhores restaurantes japoneses de Cuiabá por VEJA COMER & BEBER 2019

A lista inclui o campeão Haru Cozinha Oriental e mais oito endereços

Por Ana Flávia Corrêa, Iracy Paulina, Lidiane Barros, Luly Zonta, Maria Clara Cabral, Mariani Campos, Rodrigo Meloni e Rodivalho Ribeiro - Atualizado em 22 Maio 2019, 12h51 - Publicado em 18 Maio 2019, 23h59

AKA Cozinha Japonesa

Ceviche, missoshiru, niguiri, teppan yaki, uramaki e temakis constam entre as 42 receitas que compõem o rodízio. Além deles, pratos quentes como o yakissoba e o shimeji na manteiga integram o serviço, que custa R$ 59,90 por pessoa. O combinado chamado de low carb agrupa vinte itens entre sushis sem arroz, sashimis de atum, peixe prego, salmão e polvo (R$ 132,00). Para beber, a caipirinha de saquê de salada de frutas mistura lichia, morango, kiwi, uva e abacaxi (R$ 19,90). Avenida São Sebastião, 2340, Goiabeiras, 3623-3181. 19h/23h (fecha seg.). Aberto em 2011. Aqui tem iFood. $$

Haru Cozinha Oriental (campeão de 2019)

No amplo cardápio da casa, as novidades estão destacadas com um selinho. Elas são fruto de um workshop ministrado anualmente pelo chef e sushiman Vinicius Kikuti à equipe do restaurante. Figura entre os estreantes a dupla de jow de atum com foie gras e figo maçaricado (R$ 33,00), que também integra o combinado premium (R$ 189,00 e R$ 349,00, com doze e 24 peças, respectivamente). Nas noites de sexta e sábado, o lugar funciona como ponto de encontro antes da balada. Nessas ocasiões, os jovens frequentadores são acolhidos pelo som de DJs (lounge e house music) e costumam abrir a festa com drinques à base de gim-tônica. Rua Senador Vilas Boas, 94, Popular, ☎ 3027-7171 (150 lugares). 18h30/1h (sex. e sáb. até 2h). Aberto em 2009. $$$

Itiban

Há mais de 25 anos em funcionamento, o restaurante comandado por Paulo e Helena Yamamoto tem cardápio focado em receitas orientais. Um dos mais pedidos da casa, o sukiyaki chama atenção por ser preparado na frente do cliente. A mistura de proteína (pode ser filé-mignon, frango ou carne suína) com vegetais serve até quatro pessoas e custa R$ 86,00. Às quartas-feiras, itens como ceviche, temakis, sushis, niguiris, hot rolls e yakissoba compõem o festival (R$ 54,00 por pessoa). A opção de rodízio completo inclui ainda teppan yaki de anchova ou frango, guioza, missoshiru e shimeji e custa R$ 82,00. Para beber, a caipirinha de morango com kiwi sai por R$ 21,00. Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 111, Popular, 3023-7263 (90 lugares). 18h/23h (fecha dom.). Aberto em 1996. Aqui tem iFood. $$$

Japidinho

O chamariz da casa é o bufê, que reúne cerca de sessenta receitas de acento japonês, entre pratos quentes e frios (o quilo sai a R$ 69,90). A oferta de sushis inclui desde sugestões mais tradicionais, como o uramaki de salmão com cream cheese, até algumas diferentonas, caso da batizada de al capone, feita com rúcula e tomate seco. A seleção de pratos inclui ainda ceviche, lula à dorée, shimeji na manteiga, tempurá e rolinho primavera de legumes, de frango com Catupiry e de queijo. À la carte, dá para pedir temakis e sashimis – o cone de salmão com cream cheese sai a R$ R$ 18,90 e o panko, com tiras de salmão empanadas e fritas, é vendido por R$ 22,90. De sobremesa, os clientes podem escolher entre brigadeiro com cereja, beijinho com morango, sushis de Nutella com banana, entre outras doçuras também vendidas por quilo. Avenida do CPA, 1856, Edifício Cuiabá Office Tower, Jardim Aclimação, (70 lugares). 18h/23h; Avenida Getúlio Vargas 1301, Centro Norte (150 lugares). Aberto 24 horas; Avenida Presidente Arthur Bernardi, s/n°, anexo ao Posto Estação, Jardim Aeroporto, Várzea Grande (150 lugares). 18h/23h. Aberto em 2013. $

Japô Casa

Quadros com referências à cultura japonesa pontuam o ambiente intimista, que tem iluminação baixa. À frente da cozinha está o chef Edilson Cavalcante, que trabalhou em endereços do bairro paulistano Liberdade, conhecido por concentrar a comunidade oriental. Ele e a equipe preparam pratos como a entrada usuzukuri de salmão (R$ 48,00) e o takikomi, um risoto de camarão com molho dashi, cogumelos e legumes (R$ 70,00). O rodízio chamado japô clássico custa R$ 87,00 e inclui 36 itens, a exemplo de ceviches, niguiris de salmão e teppan yakis variados.  Para acompanhar, a sugestão da casa é a caipirinha de saquê com frutas variadas (R$ 24,00). Gentileza bem-vinda, o local não cobra taxa de rolha. Rua João Bento, 132, Quilombo, 3623-3003 (60 lugares). 18h30/0h (fecha dom.). Aberto em 2004. Aqui tem iFood. $$$ 

Continua após a publicidade

Sushi Box by Toshio

Todos os dias, um bufê exibe sugestões como uramaki de salmão cru e skin, sushis, shimeji na manteiga, hot roll e rolinho de camarão com requeijão. Os pratos passam pela balança antes de irem às mesas (R$ 69,90 o quilo). Aos sábados e domingos, o valor aumenta para R$ 79,90, e passam a aparecer prato, a exemplo do salmão grelhado, do camarão empanado e da cauda de lagosta na manteiga de ervas. Pantanal Shopping, 3057-5077, 10h/22h (dom. 11h/22h). Shopping Estação Cuiabá, 3057-9170, 10h/22h (dom. 11h/22h). Aberto em 2014. $$

Santô Oriental

Mais de cinquenta opções de pratos da culinária oriental estão listados no cardápio. Entre as sugestões frias estão o tuna teriyaki, composto de grossas fatias de atum selado, crumble de farinha panko e molho teriyaki de frutas vermelhas (R$ 39,00). Já entre as receitas quentes encontra-se, por exemplo, o salmão honey dijon, no qual a posta do peixe é grelhada com mostarda de Djion mais mel e guarnecida por farofa de farinha panko, espaguete de legumes e shimeji (R$ 58,00). Por R$ 110,00, pode-se optar pelo rodízio, no qual sushis, sashimis e alguns pratos quentes são servidos à vontade. Para arrematar, o kulfi é uma sobremesa que reúne sorvetes de pistache e de baunilha com calda de caramelo (R$ 19,00). Rua Buenos Aires, 452, Jardim das Américas, 3027-1858 e 99973-4004 (70 lugares). 18/23h. Aberto em 2016. Aqui tem iFood. $$$

Temaki San

O restaurante é dividido em diferentes ambientes: há um jardim e um espaço de bar, este decorado com objetos que aludem à cultura oriental. No cardápio, as receitas mesclam influências japonesas e chinesas. Às terças-feiras, o público desfruta de rodízio. Cada pessoa paga R$ 94,50 e aproveita pedidas como sushis, niguiris, gunkans e hot rolls, feitos com salmão, saint peter e camarão e servidos à vontade. À la carte, há sugestões como o combinado que vem com trinta peças (R$ 92,50, para duas pessoas). Da carta de drinques, faz sucesso o moscow mule, por R$ 21,50. Avenida Presidente Marques, 30, Centro Sul, 3637-4601 (70 lugares). 18h30/0h (fecha seg.); Avenida Érico Preza, s/n°, Galeria Alpha Mall, Jardim Itália, 3644-3932 (50 lugares). 18h/23h (fecha dom.). Aberto em 2011. Aqui tem iFood. $$

Vila Sushi

Luminárias japonesas pendentes do teto dão o clima desta casa, que no último ano ampliou a seleção de pratos que integram seu rodízio (R$ 79,90). Quem opta por ele, pode escolher à vontade entre cinquenta sugestões, que inclui pratos que também fazem sucesso à la carte, caso do usuzukuri de salmão, que leva ovas, do carpaccio de peixe branco, do tartare de atum e do ceviche. Entre os pratos quentes, os mais pedidos são o rolinho primavera, o guioza de salmão e o shimeji na manteiga, mas a cozinha também prepara yakissoba, teppan yaki e tempurá. Além do rodízio, o menu sugere combinados de sushis e sashimis com diferentes tamanhos – o de 25 peças sai a R$ 89,00 e o que reúne 62 unidades, R$ 215,00. Para bebericar, a saquerinha custa R$ 22,90. Avenida Filinto Müller, 1385, Quilombo, 3621-8968 (80 lugares). 19h/23h (sex. e sáb. até 0h; fecha dom.). Aberto em 2012. $$

(Preços apurados entre abril e maio de 2019).

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade