Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Giz Cozinha Boêmia tem a melhor cozinha de bar de Fortaleza

Inaugurada em outubro do ano passado, a casa leva o prêmio concedido pelo júri VEJA COMER & BEBER 2019

Por Mônica Santos - Atualizado em 7 dez 2019, 01h01 - Publicado em 7 dez 2019, 00h01

Inaugurado em outubro do ano passado, o campeão da categoria pertence aos mesmos donos do Moleskine Gastrobrar — que terminou em segundo lugar na votação — e funciona no imóvel que fica exatamente em frente ao seu “irmão” mais velho. Juntos, os dois bares transformaram o trechinho da rua que ocupam em um dos locais mais badalados da noite cearense. No Giz, da decoração às vestimentas da equipe de salão, tudo remete à boemia carioca. O público chega cedo, tão logo o bar abre, e ocupa primeiro as mesas do lado de fora, dando início a uma animada happy hour. MPB, samba, choro e bossa nova compõem a programação musical todos os dias do mês, ao longo do ano inteiro, exceto na noite de 24 de dezembro, única data em que o endereço dá uma pausa. A cozinha, supervisionada pela chef Louise Benevides, aposta em receitas que valorizam a culinária brasileira. Custa R$ 29,00 a porção de miniacarajé, servida com seis unidades do bolinho e os complementos (vatapá, vinagrete, camarão seco e molho de pimenta) à parte, para que o próprio cliente monte o quitute. Outra pedida de sucesso e com forte acento regional apresenta cubinhos de carne de sol com queijo de coalho e redução de caju na companhia de farofa (R$ 34,00). À altura da boa cozinha, a oferta etílica contempla uma carta com quarenta rótulos de cachaça, doze cervejas artesanais, incluindo uma IPA da casa (R$ 18,00, 300 mililitros) e a deliciosa caipigiz, mistura de cachaça, caju e mel de caju mais frozen de acerola (R$ 21,00). Rua Professor Dias da Rocha, 579, Meireles,99719-1098 (250 lugares). 17h/0h (sex. a dom. a partir das 12h). Aberto em 2018.

2º lugar – Moleskine Gastrobar

Um dos fortes é a carta de drinques, repleta de receitas criativas. O coquetel batizado de hospitalitiki resulta da mescla de gim, uísque, rum, Angostura, maracujá e cítricos (R$ 28,00). Se a coquetelaria é caprichada, a cozinha não fica atrás e expede pratos como o camarão com espuma de alho negro, musseline de batata-roxa e especiarias mais chips de mandioquinha (R$ 59,00). Rua Professor Dias da Rocha, 578, Meireles,3037-1700 (200 lugares). 17h/1h (sex. e sáb. 12h/2h; dom. 12h/0h). Aberto em 2014.

3º lugar – Alpendre

Publicidade

Um dos mais tradicionais botecos da cidade, investe nos sabores regionais, que aparecem em pratos como a carne de sol assada com manteiga de garrafa, que chega à mesa ao lado de farofa de torresmo (R$ 46,90, para dois). Mais de 100 rótulos de cerveja e cinquenta opções de cachaça, entre elas a cearense Cedro do Líbano (R$ 12,00 a dose), abastecem os copos dos clientes. Rua Torres Câmara, 181, Aldeota,3261-1525 (140 lugares). 17h/2h (sáb. a partir das 10h; dom. 11h/21h; fecha seg.). Aberto em 1989.

Quer conhecer todos os campeões e o roteiro completo de VEJA COMER & BEBER Fortaleza 2019? Clique aqui.

Publicidade