Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Família Farinha é a melhor padraria de Curitiba segundo VEJA COMER & BEBER

No rol de pioneiras da fermentação natural na cidade, a casa tem produtos bem diversificados e um amplo empório

O que parece uma criativa estratégia de marca não passa de uma descrição literal da essência desta padaria, comandada no dia a dia por Adelino Pereira Farinha, pela esposa Célia e pelos filhos Pedro, Lucas e Mariana — todos com o sobrenome “Farinha” na carteira de identidade. Essa predestinação para o segmento ainda é reforçada pelo fato de os pais de Adelino serem de nacionalidade portuguesa, a mais associada à panificação no Brasil. Foi sua mãe, aliás, quem inaugurou as fornadas do clã em Araçatuba (SP), onde Adelino deu os primeiros passos no ofício. Ao se mudar para Curitiba e, posteriormente, abrir a Família Farinha, em 1998, ele já trabalhava com fermentação natural, bem antes de o conceito ditar moda no comércio de pães. Com a ajuda técnica de um padeiro alemão, a linha inicial de produtos tinha um forte sotaque germânico e incluía itens como o bretzel (R$ 3,10 a unidade). Hoje, o rol do endereço é ainda mais poliglota: também fazem sucesso o pão italiano (R$ 22,90), a baguete paris (R$ 33,50) e o croissant (R$ 67,50) — as referências de preço valem para 1 quilo. No setor açucarado, a veia portuguesa do negócio conquista a clientela com o pastel de belém (R$ 6,90 a unidade) e o toucinho do céu (R$ 92,00 o quilo). Além da pequena cafeteria, a loja de 300 metros quadrados abriga um bem fornido empório, dotado de 260 rótulos de vinho. Avenida Nossa Senhora da Luz, 2345, Jardim Social,3362-3052 (27 lugares). 6h30/21h30 (dom. a partir de 7h). Aberto em 1998.

2º lugar – Padaria Requinte

Um dos maiores sucessos marca fica na vitrine dos doces: o sonho, que ganha recheios de zabaione, de baunilha ou de nata (R$ 61,50 o quilo de cada um). A clientela também chega em busca de pães variados, entre eles o batizado de bíblico, que leva grãos como malte, cevada, espelta, linhaça e sorgo (R$ 51,90 o quilo). Rua Francisco Rocha, 1809, Bigorrilho,3335-3134 (20 lugares). 7h/21h; Rua Recife, 34, Cabral,3014-3134 (70 lugares). 7h/21h. Aberto em 1984.

3º lugar – Prestinaria – A Casa dos Pães

A vitrine exibe pães como o francês (R$ 16,40 o quilo) e o rústico, que é fermentado naturalmente e leva farinha integral e sementes (R$ 15,50, 350 gramas). Para um lanche no local, o croissant recheado com queijo branco e peito de peru (R$ 14,90) vai bem junto do café latte (R$ 8,40). Serve bufê de almoço (R$ 59,90 o quilo). Rua Euclides da Cunha, 699-C, Bigorrilho,3342-4576 (70 lugares). 7h30/20h30 (sáb., dom. e feriados 8h/20h). Aberto em 1999.

Confira o roteiro completo e os estabelecimentos campeões em comidinhas, bares e restaurantes da 19ª edição de VEJA COMER & BEBER CURITIBA clicando aqui.