Clique e assine a partir de 9,90/mês

Conheça as melhores cafeterias de Cuiabá

A seleção de endereços é parte de VEJA COMER & BEBER Cuiabá 2019

Por Ana Flávia Corrêa, Iracy Paulina, Lidiane Barros, Luly Zonta, Maria Clara Cabral, Mariani Campos, Rodrigo Meloni e Rodivalho Ribeiro - 20 Maio 2019, 11h43

Amado Grão

Projeto de uma vida, esta cafeteria foi tomando forma enquanto a pedagoga — e, hoje, também barista — Vanessa Vilá de Arruda fazia cursos de café. Os grãos especiais, trazidos de produtores do Paraná, Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais e Bahia, chegam verdes e são torrados por ela, à vista dos clientes. Vanessa ainda circula pelas mesas explicando o sabor, o aroma e o corpo dos oito cafés do menu. Além do expresso (R$ 6,00) e do cappuccino (R$ 12,00), o cardápio apresenta cinco métodos filtrados. Os preços variam de R$ 10,00 (por 300 mililitros da bebida feita no Hario V60) a R$ 22,00 (na prensa francesa, que rende 600 mililitros). Para acompanhar as xícaras, há quitutes como o bolo de limão (R$ 8,00 a fatia). Rua Sírio Libanesa, 197, Popular, ☎ 2129-2212 (44 lugares). 14h/20h (fecha dom.). Aberto em 2018.

Café da Casa do Artesão

Com nova proposta, a choperia do Sesc Arsenal deu lugar a uma área de alimentação onde passa a funcionar também, o Café da Casa do Artesão. Com a mudança, o bauru cremoso assado (R$ 10,00) é novidade do cardápio, feito de peito de peru, queijo e creme branco. Mas os tradicionais bolos de queijo e de arroz (R$ 3,00 cada um) entre os queridinhos, dividindo as atenções com salgados como a empadinha de carne-seca (R$ 4,50). Para beber, há café gelado semelhante a um milk-shake, servido na taça com cobertura de chantili (R$ 7,00, 300 mililitros). Rua 13 de Junho, s/n°, Porto, 3616-6908 (245 lugares). 8h/18h. Aberto em 2005.

 

Café e Arte

Para aplacar o calor, a carta foca nas bebidas geladas, que ganham diversas versões, entre elas o café crocante, que custa R$ 14,50. A seleção de bebes inclui ainda os clássicos expresso (R$ 5,00), cappuccino (R$ 6,50) e mocaccino (R$ 6,50). Para comer, há salgados como pão de queijo (R$ 4,00) e empada (R$ 5,00). Instalada dentro de uma loja Havan, a cafeteria é um ponto ideal para uma pausa nas compras. Avenida Rubens de Mendonça, 2554, Jardim Aclimação, 99972-7474 e 99662-1700 (62 lugares). 9h/21h30 (dom. até 21h). Aberto em 2016.

Café e Prosa

Fundada há três décadas pelo engenheiro Riad Hami, a rede se tornou uma das principais referências de cafeteria na cidade. Os grãos especiais podem ser submetidos a diversos métodos de extração, como o filtro Hario (R$ 11,00),  Kalita Wave (R$ 11,50) e a aeroexpress (R$ 10,00). A matéria-prima especial é empregada também no preparo do expresso (R$ 6,50), do cappuccino (R$ 10,00) e do mocaccino (R$ 10,00). Para ladear as xícaras, o cardápio sugere esfihas (R$ 5,50), chipas (R$ 5,50) e, entre os doces, pastel de nata servido com sorvete de creme (R$ 14,50). Goiabeiras Shopping, 3028-7191 (60 lugares). 10h/22h (dom. e feriados, 11h/20h). Shopping Três Américas, 3023-7191 (35 lugares). 10h/22h (dom. e feriados 11h/22h). Shopping Pantanal, 3052-7192 (40 lugares). 10h/22h (dom. e feriados 11h/22h). Aberto em 1989.

Café Lá em Casa

Continua após a publicidade

Em clima descontraído, recebendo os clientes no quintal de casa, Maria Aparecida, a Cida, serve bufê de café da manhã sempre aos domingos (por R$ 24,00 come-se à vontade). O cafezinho é coado e pode acompanhar os ovos mexidos ou o tradicional bolo de arroz cuiabano – vale ressaltar que o cardápio não é fixo. A seleção de bebidas abarca também cappuccino e café gelado. Para quem prefere um refresco, vale apostar no chá-mate gelado batido com xarope de guaraná e limão. Rua Joaquim Murtinho, 1888, Porto, 3025-4287 e 98139-7825 (30 lugares). Dom. 7h30/11h30. Aberto em 2013.

Hearts

Depois de morar nos Estados Unidos e em países da Europa, Vinicius Ghanem Santos abriu esta cafeteria inspirado em referências holandesas. Entre as opções de bebidas feitas à base de café, todas com grãos 100% arábica, o latte de doce de leite (R$ 8,90) pode vir à mesa em versão quente ou gelada. Também fazem sucesso sucos como a limonada vermelha, que leva chá de morango em sua composição (R$ 5,00; 400 ml). Para beliscar, há sanduíches como o de peito de peru (R$ 9,90) e o de salame (R$ 8,50). Rua Barão de Melgaço, 10, Centro Sul, 98401-8858 (12 lugares). 7h30/18h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2017.

Gabinete Antes do Café

Sob a batuta de Juliana Albernaz e Soraia Mourão, o espaço de decoração colorida e repleta de adereços se divide entre duas vocações: centro cultural e cafeteria. E o cafezinho por aqui não tem nada de trivial e pode vir à mesa incrementado por pimenta-rosa, malagueta ou dedo-de-moça (R$ 10,00 cada um). Qualquer um deles faz bom par com a torta de limão (R$ 17,00 a fatia), uma das especialidades. Entre os comes, o sanduíche de ragu de costela no pão francês integral (R$ 17,00) e a torta de frango que leva cream cheese no recheio (R$ 20,00 a fatia) são pedidas certeiras. Rua 24 de Outubro, 566, Centro Norte, 99261-9334 (36 lugares). 10h/19h (sáb. até 15h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2016.

Metade Cheio

Instalado em um casarão decorado com móveis garimpados pelo proprietário Alexandre Cervi, o local funciona como um misto de café, bar e bistrô. Para escoltar o café coado (R$ 3,00 o pequeno e R$ 5,00 o médio), a sugestão é a carolina de chocolate (R$ 3,00) ou uma fatia de bolo do dia (R$ 6,00). A preferência da clientela recai sobre a versão gelada da bebida, especialmente a que combina café,  leite, leite condensado, chantili e raspas de chocolate (R$ 10,00). Feito com ciabatta, creme de ricota, rúcula e geleia de pimenta, o sanduíche da casa custa R$ 12,00 e faz bom par com o gim-tônica perfumado com xarope de gengibre (R$ 18,00). Rua Comandante Costa, 381, centro, 99642-3700 (70 lugares). 18h/24h (fecha seg. e dom.). Aberto em 2017.

Mió de Minas

A cultura de Minas Gerais serve de inspiração para este café, que vende quarenta variedades de queijo, todas oriundas da região mineira da Canastra – com aproximadamente um quilo, as peças têm preços que variam de R$ 30,00 a R$ 45,00. Outra especialidade são os pães de queijo, que podem vir à mesa com variados recheios. O tradicional custa R$ 4,00, enquanto os recheados saem a R$ 6,00 – os salgados podem ser preenchidos com carne-seca, pernil, goiabada ou doce de leite, entre outras versões. Para acompanhar, vai bem um cafezinho expresso (R$ 5,00) ou coado no bule (R$ 6,00). Como não dá para ignorar as tradições locais, a cozinha prepara também o clássico bolo de arroz cuiabano (R$ 4,00), que pode ganhar escolta de chá mate (R$ 6,00). Avenida Mato Grosso, 270, centro, 3055-1493 (45 lugares). 7h/19h (sáb. e dom. até 12h). Aberto em 2017.

Os preços foram apurados entre março e maio de 2019.

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade