Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Bar do Saulo faz a melhor coxinha de Campinas

O bar premiado por VEJA COMER & BEBER prepara dezoito versões do salgado

Por Iracy Paulina 21 jun 2019, 01h00

A placa de Mercearia Califórnia na fachada remete às origens do lugar, inaugurado como um “secos e molhados” pelo pai do atual proprietário, Saulo Andrietta. Para atender à demanda de alguns fregueses, Saulo começou a pilotar a chapa e foi ganhando gosto pelo ofício até se tornar um cozinheiro de mão-cheia. No início dos anos 1980, o lugar virou um misto de bar e mercearia e recebeu o nome que mantém até hoje. Fazem muito sucesso por ali os salgados, a começar pela coxinha, premiada pelo júri. Ela está disponível em dezoito versões — entre elas a tradicional de frango, a de carne-seca, a de siri, a de brócolis com catupiry e até a chinesa, que leva broto de soja, cenoura, cogumelo, abobrinha e pimentão-amarelo em seu interior. Cada coxinha custa R$ 7,00; menos a de camarão, vendida a R$ 8,50. Seis anos atrás, quando o local começou a funcionar exclusivamente como bar, Saulo passou a contar com o reforço da filha, Michelle, na cozinha. Devorou uma coxinha e continua com fome? Invista, então, no sanduba composto de costela preparada com alcaparras, mussarela, provolone, gorgonzola, azeitona chilena, rúcula e vinagrete na baguete (R$ 26,00). Além de cervejas de 600 mililitros (R$ 13,00 a Heineken), a oferta etílica inclui 65 rótulos de cachaça a preços que vão de R$ 6,00 a R$ 13,00 a dose. Avenida Guarani, 345, Jardim Guarani, ☎ 3325-5860 (100 lugares). 17/2h (seg. e ter. até 23h30; fecha dom.). Aberto em 1959.

2º lugar – Bar do Soares

A casa mudou de endereço, e o novo espaço tem o dobro da capacidade do antigo. Para dividir, faz sucesso a porção de rosbife caseiro com molho inglês, tomate e cebola (R$ 45,80). Também sai da cozinha o lanche de flé-mignon empanado com molho de tomate, azeitona, presunto, mussarela, queijo gouda, parmesão e salsinha, acompanhado de fritas (R$ 36,90). A caipirinha de vodca pode ser feita com morango, maracujá ou kiwi (R$ 20,80). Avenida Ayrton Senna da Silva, 439, Jardim Proença,3237-4334 (200 lugares). 17h/23h30 (fecha dom.). Aberto em 1991.

3º lugar – Estação Barão

As coxinhas de massa de mandioca são o carro-chefe entre os petiscos. Dos trinta sabores, têm grande saída os de contraflé com gorgonzola (R$ 9,00) e frango com catupiry (R$ 8,00). Para acompanhar as comidinhas, as cervejas Heineken (R$ 12,50) e Original (R$ 11,50) chegam geladas às mesas, assim como a caipirinha de limão em taça de 1,3 litro (R$ 70,00), para compartilhar. De quinta a sábado, há apresentações ao vivo de pop rock. Avenida Horácio Leonardi, 76, Barão Geraldo,99109-1080 (300 lugares).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)