Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Victor Wembanyama não jogará pela França na Copa do Mundo de Basquete

O pivô quer proteger seu corpo e continuará se preparando para sua primeira temporada com o San Antônio Spurs

Por Da Redação
Atualizado em 26 jun 2023, 16h59 - Publicado em 26 jun 2023, 10h27

Por essa, a França não esperava. Victor Wembanyama, o pivô francês de 19 anos e 2m25 que foi o primeiro escolhido no Draft 2023 da NBA, não vai jogar pela seleção francesa de basquete na Copa do Mundo deste ano. A razão faz sentido e não tem a ver com desdém pelo seu time nacional. Ele quer preservar o físico em desenvolvimento e aproveitará o tempo livre para treinar com o San Antônio Spurs.

Em entrevista ao L’Equipe, publicação francesa especializada em esportes, Wembanyama disse que foi uma decisão “difícil” de tomar, acrescentando que é “irrevogável”. Ele havia dito anteriormente que queria jogar no torneio, de 25 de agosto a 10 de setembro e terá a França entre os favoritos à medalha de ouro. Mas tanto ele quanto os Spurs sugeriram nos últimos dias que sua participação não era mais certa.

“Seria irreal em termos de desenvolvimento e imprudente em termos de saúde”, disse Wembanyama. “Espero que as pessoas entendam. É frustrante para mim também. A seleção francesa está mais central do que nunca. Quero ganhar o máximo de títulos possível com eles. Mas acho que é um sacrifício necessário.”

Vale lembrar que os americanos valorizam mais a NBA do que a Copa do Mundo de Basquete, torneio para o qual mandam equipes mistas e repletas de atletas universitários. No entanto, Wembanyama disse que não foi pressionado pelos Spurs, acrescentando que a franquia da NBA o apoiaria independentemente do que ele decidisse. Se Wembanyama mantiver sua decisão, isso significará que ele não jogará com a França em um grande torneio até as Olimpíadas de Paris do ano que vem.

Continua após a publicidade

Os Spurs escolheram o jovem prodígio de 19 anos, que chega com grandes expectativas para se tornar a mais nova sensação do basquete. Wembanyama vem com muito mais altura e hype do que a maioria das escolhas nº 1. Ele dominou a liga francesa em sua última temporada, liderando todos os jogadores em pontuação, rebotes e tocos.

A federação francesa deve divulgar sua lista preliminar para a Copa do Mundo ainda esta semana. A França perdeu o jogo da medalha de ouro no mais recente grande torneio internacional – as Olimpíadas de Tóquio – para os Estados Unidos em 2021 e conquistou a medalha de bronze na última Copa do Mundo na China em 2019.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.