Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco só empata com Atlético-GO, mas volta à ponta

Por AE

Rio – O Vasco entrou em campo ciente de que uma vitória sobre o Atlético-GO significaria uma vantagem de três pontos na liderança do Campeonato Brasileiro. O time, no entanto, não jogou bem, nem mesmo com o retorno de Juninho Pernambucano e com Diego Souza em noite pouco inspirada, ainda que tenha marcado o gol do empate por 1 a 1, na noite desta quinta-feira, em São Januário.

Com 46 pontos, os vascaínos garantem a ponta, mas o São Paulo está logo atrás, com 45, e Botafogo e Corinthians somam 44 cada. Os goianos têm agora 34 pontos e ocupam a 11.ª colocação.

“O ideal seria ter vencido em casa, mas enfrentamos um adversário bem armado. Não começamos bem e o resultado foi justo. Campeonato Brasileiro é isso mesmo”, comentou Juninho, de volta ao time depois de ausência de dois jogos.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, nas ações e no placar. O Vasco tentava explorar o lado direito de ataque, com Fagner e Eder Luís. O mesmo faziam os goianos, com Rafael Cruz aproveitando a falta de ritmo de Julinho, voltando de contusão, na lateral-esquerda.

Assim saíram os gols. Aos 23, Rafael Cruz cruzou na medida para Anselmo desviar de cabeça, sem chance para Fernando Prass. Os vascaínos demoraram alguns minutos para se recobrar do golpe e por pouco não sofreram o segundo gol, em chute de Juninho defendido por Prass. Aos 33, Fagner tranquilizou as coisas. Ergueu bola perfeita para Diego Souza no segundo poste, que só teve o trabalho de testar à queima-roupa de Márcio.

Diego Souza, convocado por Mano Menezes para enfrentar a Argentina semana que vem, quase fez o segundo dois minutos depois, mas desta vez acertou o poste esquerdo.

As chances cruzmaltinas de chegar à vitória foram seriamente afetadas nos primeiros minutos da segunda etapa. Primeiro saiu Eder Luís, com lesão muscular. Depois foi a vez de Fagner deixar o campo de maca. Sem os dois, o time da casa perdeu todo seu lado direito e a jogada mais forte até então.

O resultado foi um Vasco previsível, ainda que Bernardo, um dos substitutos, tenha criado uma boa oportunidade de gol, desperdiçada por Diego Souza. No fim, empate frustrante para o mandantes e comemorado pelos visitantes. Pior será para o Vasco se Eder Luís for desfalque por tempo prolongado.

FICHA TÉCNICA:

Vasco 1 x 1 Atlético-GO

Vasco – Fernando Prass; Fagner (Allan), Victor Ramos, Renato Silva e Julinho (Márcio Careca); Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Eder Luís (Bernardo) e Elton. Técnico – Cristóvão Borges.

Atlético-GO – Márcio; Rafael Cruz (Joilson), Gilson (Leonardo), Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Victor Júnior (Ernandes); Juninho e Anselmo. Técnico – Hélio dos Anjos.

Gols – Anselmo, aos 23, e Diego Souza, aos 33 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – Evandro Rogério Roman (Fifa-PR).

Cartões amarelos – Diego Souza. Pituca, Anderson, Agenor, Bida, Rafael Cruz.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio de São Januário, no Rio.