Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Vasco esquece Libertadores e foca confronto com o Flamengo

Por Da Redação 16 abr 2012, 13h26

O Vasco terá a semana livre para trabalhar para o clássico do próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), diante do Flamengo, pela semifinal da Taça Rio, pois as oitavas de final da Copa Libertadores só começam na próxima semana e o Cruzmaltino só conhecer á seu adversário no torneio na quinta-feira, quando a etapa de grupos chegará ao fim.

Justamente por isso que os jogadores vascaínos preferem deixar de lado a competição internacional e focar o Estadual. ‘Nós conseguimos uma classificação que foi complicada diante do Nova Iguaçu e agora vamos focar apenas no Flamengo. Temos que fazer o possível para chegarmos à final da Taça Rio, já que não conseguimos conquistar o primeiro turno do Estadual (O Vasco perdeu a final da Taça Guanabara para o Fluminense por 3 a 1). Temos a semana para trabalhar e vamos focar nisso’, disse o meia Felipe.

O fato de o Flamengo, eliminado precocemente da Copa Libertadores, estar concentrado apenas no Campeonato Carioca realmente gera uma certa preocupação em São Januário. O técnico Cristóvão Borges não fugiu do assunto, mas garantiu que isso não vai diminuir a vontade de sua equipe de decidir a Taça Rio com o ganhador de Bangu x Botafogo.

‘Agora vamos nos concentrar no jogo contra o Flamengo. Será um clássico, e sabemos que é difícil. Nosso time está de parabéns, porque tem feito jogos consecutivos, o cansaço vem, mas o grupo tem demonstrado a sua união e a sua força. Realmente o Flamengo tem apenas uma alternativa neste momento, mas o Vasco entra em qualquer competição para ser campeão. Por isso, vamos ter o máximo de seriedade nessa reta final do Carioca e seguiremos em busca do título’, garantiu.

Para o confronto, Cristóvão não poderá contar com o zagueiro Dedé, que ainda se recupera de uma lesão na perna direita. Em compensação, o treinador contará com o retorno do lateral direito Fagner, do meia Diego Souza, que cumpriram suspensão automática, e de Rodolfo Eduardo Costa e Fellipe Bastos, afastados por conta de problemas em relação à súmula do último clássico contra o Rubro-Negro.

A principal dúvida porém é quanto ao aproveitamento do meia Juninho Pernambucano, que deixou o gramado contra o Nova Iguaçu sentindo fortes dores na coxa direita. O jogador passou por uma reavaliação e o resultados dos exames serão divulgados nesta terça-feira.

Continua após a publicidade

Publicidade