Clique e assine a partir de 8,90/mês

Usain Bolt rebate críticas e exibe exames para comprovar lesão

Incomodado com insinuações de que não teria se machucado no Mundial, jamaicano divulga tomografia em redes sociais, mas muda de ideia e apaga publicação

Por Da Redação - 18 ago 2017, 14h43

Após uma despedida decepcionante no Campeonato Mundial de Atletismo de Londres, o jamaicano Usain Bolt rebateu críticas nas redes sociais de que teria fingido lesão na final do revezamento 4x100m, pela equipe da Jamaica, para evitar o constrangimento de finalizar a carreira com derrota.

“Geralmente eu não divulgo meus exames médicos para o público, mas infelizmente eu ouvi muitas pessoas questionando se eu estava realmente machucado. Eu nunca enganei meus fãs sob nenhuma forma nas competições e meu desejo era correr pela última vez, no Mundial, em nome deles”, disse o velocista jamaicano, ao postar imagens de sua tomografia nas redes sociais. O exame confirmaria uma ruptura muscular na coxa esquerda.

O agora ex-atleta, contudo, decidiu desistir do desabafo. Minutos após fazer a crítica pública, ele deletou os posts, incluindo a imagem. E não se manifestou mais sobre o assunto nas redes sociais.

Aos 30 anos, Bolt se aposentou do esporte no último sábado ao disputar a final do 4x100m. A despedida foi frustrante para a torcida e para a equipe jamaicana, porque o velocista sentiu dores no início do seu trecho e abandonou a prova.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade