Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

UFC Rio 2012: ingressos vendidos a partir de quarta-feira

Segunda edição do megaevento de MMA na cidade será no dia 14 de janeiro

Por Da Redação 13 dez 2011, 12h36

A venda de ingressos para o UFC Rio 2012, dia 14 de janeiro, começa às 23h30 desta quarta-feira, através do site Ingresso.com. Não haverá venda fora da internet. O preço varia entre 275 reais, com meia-entrada por 137,50 reais, para as arquibancadas, e 1.600 reais, com meia por 800, para os locais mais caros, como os setores mais próximos ao octógono. Dana White, presidente do UFC, não disse se haverá prioridade para clientes de patrocinadores, como na primeira edição do UFC no Rio, mas deu um conselho aos torcedores da modalidade. “Gostaria de lembrar que os ingressos para o primeiro UFC Rio acabaram muito rápido. É bom correr.” As duas lutas principais do UFC Rio 2012 serão entre José Aldo e Chad Mendes, na disputa do título dos penas, e entre o brasileiro Vitor Belfort e o americano Anthony Johnson.

Assim como na primeira edição, que aconteceu em agosto deste ano, o UFC Rio de 2012 será realizado na Arena HSBC, casa de shows localizada na Barra da Tijuca. Na primeira visita do megaevento de MMA à cidade, os ingressos esgotaram em cerca de 70 minutos. “A gente quer que a venda de ingressos funcione muito bem. Aquela foi a primeira vez que trabalhamos juntos. Mas se você não conseguiu ingressos da última vez, é melhor ser rápido”, disse White. A expectativa é, de novo, de casa cheia. Aldo é de Manaus, mas é muito ligado ao público carioca, principalmente ao Flamengo, seu time de coração. Belfort é carioca e deverá ter grande apoio da torcida na arena. Além dos dois combates, a organização do UFC confirmou que Thiago Tavares e Edson Barboza, que também venceram vitorioso no último UFC no Brasil, estarão no octógono.

Leia também:

Dana White confirma que UFC voltará ao Brasil em janeiro

UFC Rio: uma festa brasileira (e uma torcida enlouquecida)

Atletas do UFC perdem até 16 kg para ‘enganar’ a balança

UFC: saiba como o MMA nocauteou o boxe em oito golpes

Continua após a publicidade
Publicidade