Clique e assine a partir de 9,90/mês

Torcedor que atirou garrafa em Neymar é multado em R$ 11 mil

O jovem agressor também não poderá entrar em um estádio por um período de seis meses

Por Da redação - 10 nov 2016, 15h47

A Comissão Anti-Violência Desportiva da Espanha anunciou punição ao torcedor que atirou uma garrafa de plástico em Neymar, no jogo contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol, há algumas semanas. De acordo com a agência de notícias Europa Press, a decisão é dura para o jovem de 17 anos, que estava no estádio Mestalla: ele terá que desembolsar 3.000 euros (cerca de 11.000 reais) e não poderá estrar em qualquer estádio por um período de seis meses.

No episódio, o torcedor não parece ter gostado do gol de Lionel Messi, que decretou a vitória do Barcelona sobre o Valencia na ocasião, e das provocações de Neymar. Irritado com a cena, o jovem torcedor atirou a garrafa d’água que estava vazia e acertou o atacante brasileiro. Os companheiros que comemoravam o gol também levaram as mãos à cabeça e fizeram gestos de dor, enquanto Messi respondeu com xingamentos.

O caso tomou grande repercussão e causou troca de farpas entre a liga espanhola e o Barcelona. Javier Tebas, presidente da organização, condenou o “teatro” de Neymar e dos outros jogadores. Mas o vice-presidente do Barcelona, Jordi Mestre, não dosou nos comentários e criticou: “O que Tebas deveria fazer é evitar a violência nos estádios e não atacar os jogadores que dão o espetáculo”, disse o dirigente.

Por conta da garrafada, o Comitê de Competição da Liga da Espanha multou o Valencia em 1.500 euros (aproximadamente 5.100 reais) e ainda alertou que, caso ocorra incidente semelhante, o time poderia jogar com os portões do Estádio Mestalla fechados.

Publicidade