Clique e assine a partir de 8,90/mês

Todos os clubes da série A já trocaram de técnico em 2010

Por Da Redação - 24 set 2010, 09h05

Restam ainda 14 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro 2010 e quase todos os clubes que disputam a Séria A da competição já trocaram de técnico neste ano. A demissão de Vanderlei Luxemburgo na noite de quinta-feira, após a derrota do Atlético-MG por 5 a 1 para o Fluminense, foi a segunda apenas nesta semana.

Apesar da média de 65% de aproveitamento e dois títulos conquistados em 9 meses de trabalho, Dorival Júnior foi demitido do Santos na última terça-feira. O treinador tinha resolvido deixar Neymar fora do clássico contra o Corinthians, na noite de quarta, como punição pelos xingamentos e provocações do atleta durante a partida contra o Atlético-GO, na rodada anterior. A diretoria santista não gostou da decisão.

Em agosto, a dança das cadeiras deixou sem emprego quatro treinadores. Ricardo Gomes foi demitido do São Paulo após a eliminação do clube da Copa Libertadores. Pouco depois, a má fase do Grêmio viria a provocar a queda de Silas – após uma derrota por 2 a 1 para o Fluminense, o técnico foi demitido. No Nordeste, o Vitória demitiu Ricardo Silva e, para o lugar dele, trouxe Toninho Cecílio – que seria demitido apenas um mês depois. Já o Ceará resolveu demitir Estevam Soares quando o time ocupava a terceira posição na tabela do Brasileiro. O motivo foi uma sequência de seis derrotas.

Os únicos técnicos que têm se mantido firmes no cargo são Joel Santana, no Botafogo, Vagner Mancini, no Guarani, e Muricy Ramalho, no Fluminense. Joel chegou ao clube carioca em janeiro, enquanto Muricy e Mancini foram contratados em abril.

Brasileirão: Acompanhe os resultados da 24ª rodada

Continua após a publicidade
Publicidade