Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Surfe: em Bells Beach, Mineirinho tenta subir na classificação

John John Florence busca bom resultado para abrir vantagem na liderança do torneio

Por Da redação Atualizado em 11 abr 2017, 09h53 - Publicado em 11 abr 2017, 09h52

Após poucos dias de descanso, o Mundial de Surfe retorna nesta terça-feira para sua terceira etapa, em Bells Beach, próximo a Melbourne, na Austrália. O torneio é considerado o mais antigo e tradicional da modalidade, já que ocorre anualmente desde 1961, 12 anos antes da profissionalização do circuito.

Depois de vencer a etapa de Margaret River, John John Florence assumiu a liderança da competição com 16.500 pontos. Em Bells Beach, ele buscará aumentar ainda mais a distância para Owen Wright, que segue na segunda colocação com 15.200. Em 2016, o havaiano foi eliminado por Caio Ibelli na terceira rodada, sendo que a etapa foi vencida pelo australiano Matt Wilkinson.

Florence começará a etapa na sexta bateria, contra o francês Jeremy Flores. O terceiro surfista da sequência sairá da disputa classificatória. Owen Wright, vice-líder do torneio, está na segunda, junto do brasileiro Miguel Pupo e o havaiano Ezekiel Lau. A bateria inicial será aberta por Matt Wilkinson, Mick Fanning e Jadson André, também representante da
“Brazilian Storm”.

Continua após a publicidade

Entre os brasileiros, Adriano de Souza, o Mineirinho, é atualmente o melhor colocado, na quinta posição. Mineirinho venceu nas ondas de Bells Beach em 2013, e também precisa de um bom resultado para se aproximar mais do topo da tabela. O surfista estreará na sétima bateria, ao lado do compatriota Ibelli e do francês Joan Duru.

“Adoro as ondas de Bells Beach, me sinto muito bem lá. Tenho um bom retrospecto e preciso de um bom resultado para chegar ao Brasil bem posicionado no campeonato. Sei que posso render bem mais que nas etapas anteriores”, afirmou Mineirinho, que projeta o resultado pensando na etapa seguinte, que será realizada em Saquarema, a partir de 9 de maio.

Gabriel Medina e Filipe Toledo são os brasileiros que vêm na sequência da tabela, empatados na oitava colocação com 7000 pontos. O campeão mundial de 2014 caiu cinco posições após terminar em terceiro lugar na etapa inicial em Gold Coast, mas ser eliminado logo na segunda rodada em Margaret River.

O surfista de Maresias dará início à sua participação em Bells Beach na terceira bateria, disputando contra o australiano Stuart Kennedy e o italiano Leonardo Fioravanti. Enquanto isso, Filipinho está escalado para a 11ª, com o americano Conner Coffin e Bede Durbidge, da Austrália.

Outros dois brasileiros, Ian Gouveia e Wiggolly Dantas estrearão na oitava e 12ª baterias, respectivamente. O primeiro terá pela frente o veterano Kelly Slater e o australiano Josh Kerr, Dantas disputará contra Julian Wilson, também da Austrália, e o havaiano Sebastian Zietz.

Continua após a publicidade

Publicidade