Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Samuel Eto’o acolhido como rei no Anzhi do Daguestão

O atacante camaronês Samuel Eto´o, contratado no início da temporada pelo Anzhi Makhatchkala, clube russo pelo qual atuam os brasileiros Roberto Carlos, Diego Tardelli e Jucilei, declarou neste sábado que estava feliz por jogar pelo time do Daguestão, região instável do Caucáso.

Ao assinar um contrato de três anos pelo salário de 20,5 milhões de euros por temporada, Eto´o tornou-se o jogador mais bem pago do mundo.

“Sou cidadão do mundo, saí de Camarões com um sonho: ser jogador profissional. Hoje, só quero ser feliz onde quer que eu esteja. Aqui, as pessoas me acolheram muito bem, como poderia não estar feliz nestas condições?”, declarou o ex-atacante do Inter de Milão e do Barcelona numa coletiva de imprensa.

“Nunca tinha vindo aqui e quero dizer que tive uma surpresa agradável”, completou o camaronês diante de mais de cem jornalistas.

O Daguestão é uma das regiões mais pobres e violentas da Rússia. Atentados suicidas e confrontos armados ocorrem praticamente todos os dias devido à insurgência islamita.

Por esse motivo, Samuel Eto´o e os demais jogadores do clube não moram na região. Eles vivem e treinam na capital Moscou e só viajam para o Daguestão para disputar as partidas.

No dia da chegada do atacante camaronês, o clube organizou excepcionalmente um treino aberto de uma hora no Dynamo Stadium de Makhatchkala, com a presença de 5.000 torcedores.

O clube fez contratações milionárias, como a do brasileiro Roberto Carlos no início do ano, quando foi comprado em 2010 pelo empresário Suleyman Kerimov, conhecido por ter muitos contatos com o governo russo e cuja fortuna foi avaliada em 5,4 bilhões de euros.