Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rodada na Europa teve chapéu de Neymar e clássicos quentes

Cristiano Ronaldo decidiu o clássico de Madri e bateu novo recorde. Fim de semana teve ainda empate no dérbi de Milão e zebra alemã no topo

Por da redação - Atualizado em 21 Nov 2016, 10h57 - Publicado em 21 Nov 2016, 10h56

A rodada de futebol na Europa foi bastante agitada neste fim de semana. Cristiano Ronaldo, com gols, e Neymar, com dribles, foram destaque na Espanha. Três clássicos pararam Alemanha, Inglaterra e Itália e alguns brasileiros brilharam com belos gols nas principais ligas do mundo. Abaixo, um resumo da rodada:

Show de Cristiano

No principal jogo do fim de semana, o Real Madrid disparou na liderança do Campeonato Espanhol ao bater o rival Atlético de Madri por 3 a 0, no Vicente Calderón. Cristiano Ronaldo marcou os três gols da partida (um de falta, um de pênalti e outro após assistência de Gareth Bale) e ultrapassou o argentino Alfredo Di Stéfano, uma lenda do clube, como maior artilheiro da história do clássico da capital, com 18 gols. O Real Madrid lidera a liga com 30 pontos, quatro a mais que o Barcelona e seis a mais que o Sevilla.

O jogador Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, comemora após marcar gol em partida contra o Deportivo Alavés, válida pela La Liga, realizada no estádio de Mendizorroza, na Espanha - 29/10/2016
Cristiano Ronaldo bateu recorde de Di Stéfano em vitória do real no clássico Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

O ‘sombrero’ de Neymar

Também no sábado, o Barcelona desperdiçou a chance de encostar no rival ao apenas empatar em 0 a 0 contra o Malaga, no Camp Nou. Lionel Messi e Luis Suárez, poupados, foram desfalques. O goleiro camaronês Carlos Kameni foi o grande destaque da partida ao garantir o ponto dos visitantes com grandes defesas. No entanto, foi Neymar quem protagonizou o lance mais bonito da partida: de costas, aplicou um chapéu no defensor Roberto Rosales, que caiu deitado no gramado.

Clássicos empatados 

Dois aguardados dérbis terminaram em igualdade neste fim de semana. No sábado, o Manchester United criou mais oportunidades, mas foi castigado no fim no empate em 1 a 1 contra o Arsenal, em Old Trafford. O espanhol Juan Mata abriu o placar para o United mas, no fim, o francês Olivier Giroud frustrou os planos do técnico José Mourinho. O Campeonato Inglês tem novo líder graças ao empate em 0 a 0 Southampton e Liverpool e à vitória do Chelsea por 1 a 0 sobre o Middlesbrough. O brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa marcou o gol que deixou o Chelsea na ponta, com 28 pontos, um a mais que Liverpool e Manchester City.  Na Itália, o dérbi de Milão foi emocionante: Milan e Inter empataram neste domingo em 2 a 2, em um jogo marcado por entradas duras e belos gols. O espanhol Suso marcou duas vezes para o Milan, mas Antonio Candreva e Ivan Perisic empataram para a Inter no chamado Derby Della Madonnina, no San Siro. O brasileiro Gabigol, mais uma vez, não saiu do banco de reservas da Inter.

Juraj Kucka (esq) e Geoffrey Kondogbia (dir), em disputa de bola durante partida entre Internazionale e Milan, válida pelo Campeonato Italiano, realizada no Estádio Giuseppe Meazza - 20/11/2016
Juraj Kucka e Geoffrey Kondogbia em disputa de bola no clássico de Milão Nicolò Campo/LightRocket/Getty Images

Queda do Bayern

Em outro clássico importante, o Borussia Dortmund bateu o Bayern de Munique por 1 a 0, com gol do artilheiro Pierre-Emerick Aubameyang, no Signal Iduna Park. O resultado tirou o Bayern da liderança, que agora pertence de maneira isolada pela grande zebra do futebol europeu: o RB Leizigp. A jovem equipe montada pela empresa Red Bull venceu o Bayer Leverkusen, fora de casa, por 3 a 2 e agora tem 27 pontos, três a mais que o Bayern.

Gols brasileiros

Neymar e Philippe Coutinho passaram em branco, mas outros atletas do país balançaram as redes na Itália. O meia Hernanes marcou um bonito gol na vitória por 3 a 0 da líder Juventus sobre o Pescara. A equipe de Turim lidera a liga italiana com 33 pontos, seis a mais que a Roma. Na capital italiana, dois brasileiros marcaram na vitória da Lazio por 3 a 1 sobre o Genoa: o meia Felipe Anderson, ex-Santos, e o zagueiro Wallace, ex-Cruzeiro. Abaixo, o gol de fora da área de Felipe Anderson:

Continua após a publicidade

Publicidade