Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rio Open: Bellucci surpreende Nishikori, o 5º do mundo

Brasileiro bateu o tenista japonês por 2 sets a 0 e enfrentará na segunda rodada o compatriota Thiago Monteiro

Por da redação - Atualizado em 22 fev 2017, 12h11 - Publicado em 22 fev 2017, 10h09

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci conseguiu uma das vitórias mais importantes de sua carreira nesta terça-feira, no segundo dia de disputas no Rio Open, no Jockey Club. Em pouco mais de uma hora de partida, Bellucci surpreendeu o japonês Kei Nishikori, quinto colocado do ranking da ATP, e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 6-3.

Esta foi a segunda vez que o tenista paulista bateu um top 5, quase seis anos depois de ter eliminado o britânico Andy Murray, então quarto colocado do ranking, nas oitavas de final do Masters 1000 de Madri. Na segunda fase, Bellucci enfrentará outro brasileiro, Thiago Monteiro, que bateu o português Gastão Elias.

Nishikori chegou ao Rio na véspera da estreia, depois de ter sido vice-campeão do ATP 250 de Buenos Aires, lamentou o seu desempenho no Brasil. “Nada deu certo hoje. As condições mudaram muito em relação à semana passada. A quadra estava mais rápida, e a bola estava mais dura. Acho que a bola foi a parte mais difícil de ajustar. Nada deu certo, simplesmente não era meu dia, e nem acho que ele fez o melhor jogo dele também”, comentou o tenista asiático em entrevista coletiva após a partida. Durante o jogo, frustrado, ele chegou a quebrar uma raquete:

Na quinta-feira, quem for ao Jockey Club verá um duelo entre os melhores tenistas do país na atualidade. Bellucci está em 76º lugar no ranking, e Thiago Monteiro, em 85º. O cearense não começou bem e perdeu os quatro primeiros games da partida contra Elias, mas levou a melhor de virada, com parciais de 2-6, 7-6(4) e 6-4.

“É um ponto positivo já ter um brasileiro garantido nas quartas, é bom para nosso esporte. Em um torneio no Brasil, é sempre legal brasileiro avançar. Se pudesse, claro, jogaria contra ele na final, mas a chave é sorteada, não temos o que fazer. Mas, de toda forma, nos enfrentarmos em uma segunda rodada de ATP 500 é bom para mim, bom para ele, e o jogo vai ser legal para os dois”, disse Bellucci.

Com a eliminação de Nishikori e a do uruguaio Pablo Cuevas, atual campeão e terceiro favorito, que na segunda foi surpreendido pelo belga Arthur De Greef, o único entre os três primeiros cabeças de chave ainda vivo no Rio Open é o austríaco Dominic Thiem. O número 8 do mundo venceu o sérvio Janko Tipsarevic por 2 a 0, com 6-4 e 7-5, e  jogará contra outro representante da Sérvia, Dusan Lajovic.

Continua após a publicidade

(com agência EFE)

 

Publicidade