Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rhodolfo cita fama de Luis Fabiano para Willian José aceitar reserva

Pode não ser nesta quarta-feira, contra o Independente de Tucuruí, pela Copa do Brasil, já que Luis Fabiano ainda não tem condições de atuar por 90 minutos. Mas, em breve, certamente Willian José terá que aceitar a reserva, mesmo sendo o artilheiro do clube em 2012 com nove gols. Companheiro de quarto do jovem atacante na concentração, Rhodolfo já tenta fazer o colega se conformar lembrando: o camisa 9 tem história.

‘O Willian entende, ele sabe do seu potencial. O Luis Fabiano tem história, nome, foi uma contratação muito importante para o São Paulo e impõe respeito. Temos que ajudar o Luis Fabiano a fazer gols, por que vai demorar para pegar ritmo. O Willian já sabe que, sempre que entrar, vai nos ajudar’, falou o zagueiro.

Capitão do time na ausência de Rogério Ceni e Luis Fabiano, o camisa 4 ainda lembra Willian José que seu desempenho foi satisfatório enquanto o astro esteve vetado por estiramento na coxa direita. ‘O Willian é um excelente jogador. Não estava muito bem no ano passado, mas desta vez soube aproveitar bem a oportunidade.’

Os nove gols que Willian José marcou nos nove jogos em que foi titular em 2012 realmente não mexeram na preferência da torcida por Luis Fabiano. A delegação do São Paulo desembarcou em Belém nessa terça-feira com cerca de 200 torcedores gritando o nome do camisa 9 no aeroporto – dois segurança precisaram proteger o centroavante no caminho para o ônibus.

E o elenco está se preparando para ajudar o atacante que custou mais de R$ 17 milhões há um ano e ficou quase nove meses parado somente as lesões na coxa direita. ‘O Luis Fabiano está com muita vontade, não vê a hora de jogar, a contusão demorou muito. É experiente e vai acrescentar muito não só nessa partida, mas em todas as outras que jogar’, disse Rhodolfo.

‘Todos sabem da importância que o Luis tem no nosso grupo. É experiente, faz gols. Se Deus quiser, daqui para a frente nada mais vai acontecer com ele. Tem que começar a pegar ritmo de jogo de novo, porque ficou um tempo parado e jogador sem ritmo não é nada dentro de campo. Mas, se ele estiver 100% em campo, com condição física, tenho certeza de que vai nos ajudar muito na temporada’, projetou Cícero.