Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Cruzeiro diz que Fábio Lopes foi indicação de Levir Culpi

A diretoria do Cruzeiro namorou durante muito tempo o atacante Osvaldo, que disputou o último Brasileiro pelo Ceará, mas o jogador acabou acertando com o São Paulo. Sem opções no mercado, a Raposa contratou Fábio Lopes, que estava no futebol japonês. O presidente celeste, Gilvan de Pinho Tavares, explica que a vinda do jogador ocorreu por indicação do ex-técnico do clube, Levir Culpi, que treinou Fábio Lopes no Japão.

‘Na verdade não foi uma contratação por vídeo e nem indicação do Vágner Mancini. O Fábio Lopes estava jogando no Japão e quem falou bem desse atleta foi o Levir Culpi, que acompanhou a trajetória do atleta no Japão e disse que ele está em grande fase, e jogando muito bem. É um atleta de muita velocidade na frente’, disse dirigente.

Gilvan Tavares ainda explicou que como o atleta era desconhecido para Vágner Mancini, que o diretor de futebol, Dimas Fonseca, acabou passando as informações para o treinador cruzeirense, que acabou aceitando o nome de Fábio Lopes.

‘O nosso diretor de futebol, Dimas Fonseca, esteve com o Levir Culpi, que fez rasgados elogios ao atleta e disse que o atleta tinha o perfil que nosso treinador estava pretendendo para um atleta da frente. O Dimas conversou com o Vágner Mancini que não conhecia o atleta, mas ficou impressionado com as informações e avalizou a vinda do atleta para o Cruzeiro’, declarou.