Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Prandelli lamenta cansaço da Itália na final da Eurocopa

Por Jeff Pachoud - 1 jul 2012, 20h15

O técnico da seleção italiana lamentou o cansaço dos seus jogadores na final da Eurocopa-2012, que a ‘Squadra Azzurra’ perdeu por 4 a 0 para a Espanha, neste domingo, em Kiev, e avaliou que sua equipe merecia nota 8 pela participação na competição.

“Fizemos um torneio excelente e só achei uma pena não ter tido mais dias para preparar esta partida”, comentou o treinador.

A Itália disputou sua semifinal contra a Alemanha (vitória por 2 a 1) na quinta-feira, enquanto os espanhóis enfrentaram Portugal um dia antes, mas jogaram 120 minutos com a prorrogação, após empate por 0 a 0, e a vaga foi decidida nos pênaltis.

“Dou uma nota oito sobre dez à minha equipe por sua participação no torneio. Fizemos grandes partidas, mas faltou energia no final. Os jogadores trabalharam bem e mostraram que sabem perder com dignidade”, elogiou.

Publicidade

O técnico também lamentou o fato de sua equipe ter ficado com um jogador a menos no início do segundo tempo, após o brasileiro naturalizado Thiago Motta sair de campo machucado – cinco minutos depois de ter entrado no lugar de Montolivo – quando Prandelli já havia “queimado” as três substituições.

“Tive que colocar Thiago em campo porque Montolivo estava cansadíssimo. Nosso meio de campo não tinha mais energia”, justificou o treinador.

Publicidade