Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal vence batalha contra Dimitrov e fará final com Federer

Espanhol chegou à decisão do Aberto da Austrália após quase cinco horas de partida

O Aberto da Austrália de 2017 terá duas finais espetaculares e com ar “retrô”. Um dia depois de as irmãs Williams se garantirem na decisão feminina, Rafael Nadal venceu uma batalha de 4 horas e 56 minutos e se garantiu na decisão contra seu velho rival Roger Federer. Na manhã desta sexta-feira, o tenista espanhol de 30 anos derrotou o búlgaro Grigor Dimitrov, por 3 sets a 2, com parciais de 6-3, 5-7, 7-6 (5) 6-7 (4) e 6-4.

Veja também

Federer, de 35 anos, também chegará extenuado à decisão de domingo, depois de ter vencido o compatriota Stan Wawrinka no quinto set, parciais de 7-5, 6-3, 1-6, 4-6 e 6-3, na quinta-feira. Será a repetição da final de 2009, ano do único título de Nadal em Melbourne, com vitória por 3 sets a 2 e choro do suíço na entrega dos troféus.

Após a partida, Nadal, que assim como Federer lutou contra lesões nos últimos anos, contou que já nem imaginava reencontrar o rival numa decisão de Grand Slam. “Será um privilégio jogar contra Roger e voltar a uma final. Estávamos até combinando de disputar um jogo de exibição quando ele foi na inauguração da minha academia, em Mallorca, ano passado”, brincou.

Nadal leva ampla vantagem no confronto histórico: 23 vitórias contra 11 de Federer. O espanhol, atual 9º do mundo, buscará seu 15º título de Grand Slam. Federer, 17º do ranking, é o recordista, com 17 troféus, mas não vence um Grand Slam desde o Wimbledon de 2012. 

O espanhol Rafael Nadal comemora vitória sofrida sobre o búlgaro Grigor Dimitrov, no Aberto da Austrália, em Melbourne O espanhol Rafael Nadal comemora vitória sobre o búlgaro Grigor Dimitrov, no Aberto da Austrália, em Melbourne

O espanhol Rafael Nadal comemora vitória sobre o búlgaro Grigor Dimitrov, no Aberto da Austrália, em Melbourne (Quinn Rooney/Getty Images)