Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mustafá considera administração de Tirone ‘sofrível’ no Palmeiras

Por Da Redação - 6 out 2011, 19h40

O ex-presidente Mustafá Contursi apoiou Arnaldo Tirone nas eleições de janeiro do Palmeiras, mas não está satisfeito com a atual administração. Com relações rompidas com o mandatário, o opositor alega que o maior dirigente do clube não cumpriu as promessas.

‘A administração dele, na minha opinião, é sofrível. Ele teve meu voto, mas não está fazendo o que estava programado. Ele não está cumprindo a política de austeridade proposta pelo clube’, afirmou o ex-mandatário, à rádio Brasil.

Contursi, que presidiu o Verdão por 12 anos e segue com força política nos bastidores, acredita que a equipe desandou depois do assédio do Flamengo ao atacante Kleber.

‘Os acontecimentos com o Kleber criaram um grande problema. Houve um desencontro a partir de lá e isso se transmitiu no elenco e na comissão técnica, que entraram em confronto com a diretoria’, acrescentou.

Publicidade

O ex-presidente ainda avisa que não pode faltar comando a Tirone na decisão sobre o futuro do Gladiador, que tem contrato até 2015, mas passa por má fase no Palestra Itália.

Publicidade